‘Como uma Luva de Veludo Moldada em Ferro’: o bizarro elevado a múltiplas potências na HQ de Daniel Clowes | Resenha | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Resenha: Black Hole, de Charles Burns  Clube da Rádio: 5 motivos para assinar + unboxing  Resenha: David Boring
Semana do Consumidor Amazon | Livros

‘Como uma Luva de Veludo Moldada em Ferro’: o bizarro elevado a múltiplas potências na HQ de Daniel Clowes | Resenha

Daniel Clowes 16 de abril de 2019 Aline T.K.M. Nenhum comentário

Como uma Luva de Veludo Moldada em Ferro: o bizarro elevado a múltiplas potências na HQ de Daniel Clowes | Resenha

Virei fã de Daniel Clowes quando li Paciência pela primeira vez. Depois reli e admirei ainda mais o trabalho do quadrinista norte-americano. Aí li Ghost World, me diverti horrores com as peripécias das duas amigas meio malucas, assisti ao filme – era um daqueles que estava na minha lista de “preciso ver” fazia séculos! – e tive certeza de que precisaria ler tudo mais que eu pudesse desse cara.

E então peguei Como uma Luva de Veludo Moldada em Ferro. Esta edição, publicada pela Editora Nemo, traz os dez capítulos da história homônima que foi publicada originalmente entre 1989 e 1993 na revista americana Eightball. E vocês não imaginam: nunca na vida li uma HQ com trama e personagens tão bizarros! Nonsense total!

Aí no vídeo, conto como foi minha experiência de leitura e minhas impressões de Como uma Luva de Veludo Moldada em Ferro.


ASSISTA NO YOUTUBE | SE INSCREVA NO CANAL



HQ Como uma luva de veludo moldada em ferro

Onde comprar: Amazon

Título: Como uma Luva de Veludo Moldada em Ferro
Título original: Like a Velvet Glove Cast in Iron
Autor(a) e ilustração: Daniel Clowes
Tradução: Jim Anotsu
Editora: Nemo
Edição: 2018
Ano da obra: 1993
Páginas: 144

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 9 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

Nenhum comentário

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Editoras Parceiras