Livro Lab Livro Lab | Livros e muito mais experiências!
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Livro: Viva a Música!, de Andrés Caicedo  Livro: A Filha Perdida, de Elena Ferrante  HQ: QP, de Powerpaola
Semana do Consumidor Amazon | Livros

‘Viva a Música!’: com narrativa frenética, livro de Andrés Caicedo narra a jornada louca de uma adolescente, regada a música e drogas | Resenha

Andrés Caicedo 16 de setembro de 2019 Aline T.K.M. Nenhum comentário

Viva a Música!: com narrativa frenética, livro de Andrés Caicedo narra a jornada louca de uma adolescente, regada a música e drogas | Resenha

Talvez o que mais impressione em Viva a Música! seja a aura em torno do autor, o colombiano Andrés Caicedo. Chamado de Kurt Cobain da literatura colombiana e considerado como um precursor de Roberto Bolaño, Caicedo viveu pouco – após receber a sua primeira e única obra publicada, aos vinte e cinco anos, ele se suicidou. Esse livro, Viva a Música!, é um dos mais importantes da literatura colombiana.

Como é de se imaginar, tudo isso que eu mencionei acima pesa na hora da leitura. Pesa tanto que é impossível não nutrir expectativas elevadas.

‘Adeus à Noite’: filme de André Téchiné traz um jovem que planeja se unir à jihad

André Téchiné 12 de setembro de 2019 Aline T.K.M. Nenhum comentário

Adeus à Noite: filme de André Téchiné traz um jovem que planeja se unir à jihad | Cinema

Os primeiros dias da primavera despontam, as cerejeiras estão floridas, mas um predador noturno responsável por estragos nas árvores é motivo de certa preocupação de Muriel e do marido. Nesse mesmo período, o casal assiste a um eclipse e recebe a visita do neto de Muriel, Alex, depois de um longo tempo sem se verem.

Com o reencontro, a relação entre Muriel e o neto será abalada à medida que a avó descobre os planos dele, ocultos por trás de uma suposta emigração para o Canadá.

Assim se desenrola Adeus à Noite, um filme de André Téchiné, estrelado por Catherine Deneuve e Kacey Mottet Klein, que estreia nesta semana nos cinemas.

‘A Filha Perdida’: livro de Elena Ferrante fala sobre maternidade e a delicada relação entre mães e filhas | Resenha

Elena Ferrante 6 de setembro de 2019 Aline T.K.M. Nenhum comentário

A Filha Perdida: livro de Elena Ferrante fala sobre maternidade e a delicada relação entre mães e filhas | Resenha

Nunca tinha lido nada da Elena Ferrante! Aí resolvo ler A Filha Perdida e fico em choque com tamanha genialidade e sensibilidade dessa autora. Fiquei com aquele sentimento de “por que demorei tanto para ler isso?!”.

Aqui, conhecemos uma professora universitária de meia-idade, a Leda, que experimenta sentimentos conflitantes com a partida as filhas para o Canadá. De férias na praia, ela desenvolve certa fixação por uma família de napolitanos, em especial por uma jovem mãe e sua filha pequena. A relação e a proximidade entre as duas faz com que Leda mergulhe nas próprias lembranças, como filha e como mãe, e nos segredos que ela carrega.

‘Chicuarotes’: segundo filme dirigido por Gael García Bernal traz as consequências das escolhas de uma juventude sem perspectivas

Cinema latino-americano 4 de setembro de 2019 Aline T.K.M. Nenhum comentário

Chicuarotes: segundo filme dirigido por Gael García Bernal traz as consequências das escolhas de uma juventude sem perspectivas

Já nutria uma admiração sem igual por Gael García Bernal ator, porém ainda não conhecia sua faceta diretor. Chicuarotes, o segundo longa dirigido por Bernal (o primeiro foi Déficit, lançado em 2007), chega aos cinemas esta semana e retrata a realidade de muitos jovens moradores das periferias da Cidade do México.

Cagalera (Benny Emmanuel) e Moloteco (Gabriel Carbajal) são dois jovens que vivem no bairro de San Gregorio Atlapulco, na Cidade do México. Por meio da palhaçaria, buscam escapar das dificuldades e da situação opressora em que vivem. No entanto, sem muitas perspectivas, uma escolha impensada os colocará no mundo do crime.

‘QP’: Powerpaola traz uma HQ sincerona e bem-humorada sobre o cotidiano de um casal | Resenha

Graphic novel 28 de agosto de 2019 Aline T.K.M. Nenhum comentário

QP: Powerpaola traz uma HQ sincerona e bem-humorada sobre o cotidiano de um casal | Resenha

Nascida em 1977 no Equador e criada na Colômbia, Powerpaola é uma das quadrinistas latino-americanas mais em voga nos últimos anos. Entre seus trabalhos está a graphic novel Vírus Tropical (publicada no Brasil pela Editora Nemo) e uma HQ singular sobre a qual vim aqui falar hoje: QP, publicada pela editora Lote 42.

QP é aquela HQ sincerona que traz treze histórias sobre o cotidiano de um casal – a P e o Q; e sim, é autobiográfica – e, com isso, aborda temas e situações comuns da vida a dois, depois do tal “felizes para sempre", quando o casal precisa lidar com a rotina e um conhece o outro quase tão bem quanto a si mesmo. QP também fala sobre feminismo, identidade, e as histórias se passam em vários lugares pelo globo.

‘Do que estamos falando quando falamos de estupro’: ninguém está imune e é preciso quebrar o silêncio | Resenha

Abuso sexual 22 de agosto de 2019 Aline T.K.M. Nenhum comentário

Do que estamos falando quando falamos de estupro: ninguém está imune e é preciso quebrar o silêncio | Resenha

Alerta de leitura necessária: Do que estamos falando quando falamos de estupro, de Sohaila Abdulali, é aquele livro que a gente precisa ler, indicar, falar dele por aí.

O tema está longe de ser dos mais fáceis. A autora, pesquisadora e ativista indiana traz uma abordagem direta, sem meias palavras e informal (como uma conversa) para falar sobre si mesma – Sohaila foi vítima de estupro coletivo – e sobre a história de outras tantas mulheres que sofreram agressão sexual.

O medo e a impossibilidade de falar sobre o estupro que sofreram, a necessidade de quebrar o silêncio, vítimas, estupradores, cultura do estupro, consentimento. Está tudo aqui, às vezes com um toque de descontração, mas sem jamais deixar de lado o horror que esse crime provoca na vida de muitas mulheres – e como os criminosos ainda saem impunes.

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Editoras Parceiras