Resenha: O Potencial Erótico de Minha Mulher, de David Foenkinos | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Resenha: Geek Love  Resenha | Contumélia, um romance de época com aventura e mistério  Resenha | Justin, HQ de Gauthier, aborda o que é ser transgênero
Semana do Consumidor Amazon | Livros

Resenha: O Potencial Erótico de Minha Mulher, de David Foenkinos

David Foenkinos 15 de janeiro de 2018 Aline T.K.M. 2 comentários

Resenha do livro O Potencial Erótico de Minha Mulher, de David Foenkinos

Que delícia é pegar um livro do David Foenkinos! Ele está entre os escritores franceses contemporâneos que mais admiro e não é para menos: suas narrativas têm aquele humor deliciosamente irônico, personagens desajustados, e conversam com o leitor como se este fosse um velho conhecido.

Carregando um título um tanto intrigante, O Potencial Erótico de Minha Mulher conta a história de Hector Balanchine, um colecionador com “C” maiúsculo desde a mais tenra idade. Desde os itens mais comuns até os mais inúteis, como folhetos eleitorais, Hector já chegou a colecionar suas próprias coleções. Ao longo dos anos, vamos percebendo que aquele “C” maiúsculo não diz respeito apenas às coleções, mas também à compulsão que as acompanha.

A situação atinge níveis patológicos e a rehab passa a fazer parte da rotina de Hector, o que inclui até a participação nos encontros dos Colecionadores Anônimos.

No entanto, uma tentativa de suicídio – fracassada e bastante peculiar – vai trazer mudanças na vida do protagonista. Ele conhecerá Brigitte, com quem se casará. E, para curar seu colecionismo compulsivo, a solução será uma nova e inesperada coleção: Hector começará a colecionar sua mulher. Cada gesto, expressão e movimento, inclusive (e principalmente) os momentos que envolvem a limpeza das janelas do apartamento.

A partir daí, a gente se depara com uma sucessão de peripécias, mal-entendidos e situações hilárias cujo epicentro é essa coleção secreta que Hector começa a nutrir. Além disso, o livro traz diversas passagens cômicas envolvendo também a família e os amigos do protagonista – todos eles indivíduos, no mínimo, singulares.


Além da trama dotada de originalidade, a escrita do Foenkinos é simplesmente uma delicinha de se ler, comparável àquele bombom que a gente encontra perdido no armário justo naquele momento “preciso loucamente de um docinho”. Ler um de seus livros é um caminho sem volta – aposto que vocês vão querer ler mais um, e mais um, e mais um...

Esta, definitivamente, não é uma leitura de um adjetivo só. O Potencial Erótico de Minha Mulher é um livro espirituoso, adorável e, ao mesmo tempo, reflexivo. É a história de um amor, de um vício esquisito e de um cara que experimenta uma grande reviravolta na vida. É um livro conhecido de poucos aqui no Brasil, mas que – aposto o que quiserem – termina por encantar quem se aventura por suas páginas.

LEIA PORQUE

David Foenkinos é amor! Sou suspeitíssima para falar desse cara, mas o que eu tenho a dizer sobre O Potencial Erótico de Minha Mulher é: se você curte personagens diferentões e com um quê bizarro, se você gosta de ler histórias de amor nada convencionais e adora uma pitada de ironia... leia este livro!

DA EXPERIÊNCIA

Leitura deliciosa, cheia daquelas risadinhas meio de canto de boca do tipo “hm, isso é engraçado e é uma boa sacada”.

FEZ PENSAR

Outros livros muito queridos e memoráveis do autor, como As Lembranças e A Delicadeza.


Capa do livro O Potencial Erótico de Minha Mulher

Onde comprar: Amazon

Título: O Potencial Erótico de Minha Mulher
Título original: Le potentiel érotique de ma femme
Autor(a): David Foenkinos
Tradução: Rejane Janowitzer
Editora: Rocco
Edição: 2005
Ano da obra: 2004
Páginas: 152

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 8 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

2 comentários

  1. Adoro seus comentários... dão luz para um excasso tempo que me toma da leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, muito legal saber disso. =) E este é um daqueles livros que valem cada minuto de leitura, de verdade.

      Excluir

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Editoras Parceiras