Você já leu um app book? | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Resenha: Sopa de Lágrimas, de Gilbert Hernandez  3 hábitos musicais de hoje e da minha adolescência  My Little Pony – O Filme: 4 motivos para assistir
Leituras de abril

Você já leu um app book?

App 26 de abril de 2017 Aline T.K.M. 2 COMENTÁRIOS

App book: você já leu um? Conheça os app books da StoryMax e mergulhe em um novo jeito de ler os clássicos da literatura! Bem legal para crianças e jovens!

A pergunta aí do título pode deixar muita gente confusa ou fazer alguns torcerem o nariz, ainda mais aqueles leitores que ainda são um pouco resistentes à leitura digital. Eu, por exemplo, amo livros físicos, mas vez ou outra leio digitais (praticidade!) e há pouco tempo conheci de pertinho a experiência de ler app books. Vou dizer: achei o máximo!

Além disso, sabia que os app books podem ser um jeitinho diferente e bem legal de mergulhar nos clássicos da literatura?

Mas calma aí, para tudo! App books?

Um app book nada mais é que um livro-aplicativo. Livros digitais interativos para smarphones e tablets. Aposto que vocês já viram ou souberam de alguns. Por serem interativos, os app books são mais focados no público infantil, só que eles também têm tudo para encantar os mais velhos.

O que a gente não sabe muito é sobre quem publica esse tipo de livro. Por isso, quis vir aqui apresentar para vocês a StoryMax e seus app books muito lindos - e vários deles gratuitos!

A StoryMax é uma startup brasileira que publica app books e tem como missão tornar a leitura mais atraente e envolvente para crianças e jovens do mundo todo.

Seu catálogo conta com clássicos literários reeditados e ilustrados, repletos de animações, efeitos sonoros e interatividade, fazendo da leitura uma experiência mais imersiva e engajadora para os mais novos. O legal é que os textos são sempre relacionados com alguma temática relevante e universal.

App books da StoryMax

O primeiro lançamento da StoryMax foi o Frankie for Kids (o clássico Frankenstein, de Mary Shelley, recontado para jovens), que é leitura de apoio em escolas nos EUA. O app book Via Láctea (adaptação do Soneto XIII do poeta brasileiro Olavo Bilac) ganhou o Jabuti de Literatura em 2015.

Já o Frrit-Flacc (conto de suspense e terror de Jules Verne) recebeu recentemente o Selo Cátedra UNESCO de Leitura, sendo o único livro digital premiado entre os melhores infantojuvenis publicados em 2016.

App books da StoryMax

O mais recente lançamento da StoryMax é o app book O Rei do Rio de Ouro, um conto universal de John Ruskin que convida os jovens a refletirem sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, em especial o ODS 6 (água limpa e saneamento).

App books da StoryMax

Multilíngues e disponíveis para Android e iOS, os app books da StoryMax são lidos ao redor do mundo, mais especificamente em 43 países, incluindo América Latina, Europa e até áreas de conflito.

E olha só que fofo, o pessoal da StoryMax fez um cartaz com o “mapa de impacto” para deixar no escritório, reafirmando o desejo de levar a leitura – e a reflexão – para o mundo inteiro. Foi justamente esse desejo que fez com que a startup nascesse!


APP BOOK TAMBÉM É LIVRO!

O maior desafio, no entanto, ainda está em mostrar para os leitores que tem muita coisa bacana e de qualidade na área de leitura digital, quebrar mesmo essa barreira que muitos ainda têm em relação aos livros digitais.

Os app books estão aí, e eles não precisam – e nem querem – imitar os livros físicos, pois a StoryMax entende que a leitura de papel não vai sumir e nem será substituída assim.

App books da StoryMax

A StoryMax mostra para a gente que os app books são fruto de um trabalho editorial de qualidade, que são livros que exigem grandes equipes, altos custos e muito trabalho para serem concebidos. Por isso mesmo, esses livros também precisam ser valorizados pelos leitores, editores, pais, educadores e mediadores.

COMO NASCE UM APP BOOK DA STORYMAX?

Uma vez decidida a temática a ser abordada – por exemplo, a aceitação do diferente, as diferenças sociais e o pensamento inovador –, começa um processo de pesquisa e avaliação de possíveis textos que se encaixem no assunto escolhido. Colaboradores e especialistas em literatura de diversos países fazem a curadoria desses títulos.

Assim que o texto é aprovado, vários roteiros são trabalhados para cada uma das linguagens – som, imagem, animação. Para a equipe da StoryMax, esta é uma das partes mais divertidas, porque é quando a galera toda se reúne para opinar e pensar na experiência que aquela leitura trará ao leitor. Aliás, esses brainstorms já contaram com a presença de leitores – legal, né?!

Depois, começa a execução. Cada parte da equipe fica focada em sua especialidade e o app vai tomando forma. Inclusive, eles também contam com a ajuda de muita gente da indústria de livros convencionais.

App books da StoryMax

Os caminhos trilhados para a concepção dos app books podem ser variados, financeiramente falando. Alguns apps são de propriedade da StoryMax, outros são feitos em parceria com instituições, e eles até já fizeram um app por meio de edital do governo. O que importa para a startup é entregar experiências memoráveis de leitura e, por isso, o time está sempre atento às várias possibilidades.

E AÍ, BORA LER APP BOOKS?

Depois de conhecer um pouco mais sobre a StoryMax e os app books publicados por eles, aposto que bateu vontade de experimentar esse tipo de leitura, certo?

Os app books estão disponíveis para Android e iOS de forma avulsa, mas recentemente foi lançado o StoryMax app, um aplicativo que reúne todos os títulos publicados por eles em um só lugar. E como eu disse lá no começo, muitos dos app books são gratuitos. Não tem desculpa para não ler!

App books da StoryMax

Se vocês têm irmãos mais novos, convivem com crianças e jovens, ou simplesmente estão a fim de mergulhar num clássico de um jeito diferente e bem divertido, baixem o app da StoryMax e descubram os app books deles. Garanto que vocês vão amar e passar a ver a leitura digital de outra maneira!

Ah, visitem o site da StoryMax e sigam nas redes sociais: FACEBOOK | YOUTUBE

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

2 COMENTÁRIOS

  1. Ahhh Aline eu estava doida para falar sobre o assunto lá no meu espaço e fico feliz por ter encontrado aqui.
    Eu amo app books e uso MUITO com meus sobrinhos que estão na fase de aprender a ler <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!! Que legal que você já tem o costume de ler app books com seus sobrinhos! Eu não tenho crianças próximas na família, os únicos pequenininhos com quem tenho mais contato são os babies das minhas amigas, mas incrivelmente nunca li com eles. Mas sabe que eu fiquei encantada com esses que mostrei aí no post porque são para os mais crescidos, achei muito legal a forma como eles trabalharam os clássicos. =) Beijos!

      Excluir

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros