Resenha: Dupla Exposição, de Paloma Vidal e Elisa Pessoa | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Filme: Um Tio Quase Perfeito  Livros recebidos em abril  Resenha + Sorteio: Quer que eu desenhe? (vol.2)
Leituras de abril

Resenha: Dupla Exposição, de Paloma Vidal e Elisa Pessoa

Anfiteatro 29 de março de 2017 Aline T.K.M. Nenhum comentário

Resenha: Dupla Exposição, de Paloma Vidal e fotografias de Elisa Pessoa, selo Anfiteatro (Editora Rocco)

Hoje eu queria falar com você, que curte fotografia e que ama narrativas introspectivas e psicológicas. Você, que tem uma quedinha por tudo o que é meio alternativo, meio diferente do convencional.

Se identificou? Então presta atenção que este livro é para você!

Resenha: Dupla Exposição, de Paloma Vidal e fotografias de Elisa Pessoa, selo Anfiteatro (Editora Rocco)

Dupla Exposição, com textos de Paloma Vidal e fotografias de Elisa Pessoa, é praticamente um experimento. As 9 narrativas curtas passeiam em torno do indivíduo e da solidão, muitas vezes trazendo consigo algo como a busca por uma identidade. Busca que, como não podia deixar de ser, passa pelas palavras, pelo idioma e até pelo próprio nome.

Fragmentos sobre uma personagem de Elizabeth Bishop; uma pessoa que, em outra parte do mundo, tenta se encontrar; ou, ainda, a menção a uma criança a quem às vezes falta um contorno de realidade. Em todos esses breves momentos, o diálogo e o silêncio coexistem, e a espera é como uma constante que permeia cada parágrafo.

Resenha: Dupla Exposição, de Paloma Vidal e fotografias de Elisa Pessoa, selo Anfiteatro (Editora Rocco)

No meio de tudo, essas fotografias que dizem tanto. Utilizando a técnica de dupla exposição, elas passam um ar de mistério, mas também de liberdade, de épocas passadas, de memórias. Quando as observamos em conjunto com os textos, fazem emergir em nós a sensação de estar perdido. Quase um abandono, além de um sentimento de nostalgia cuja origem não deciframos muito bem; a falta de algo, de um tempo, que a gente não sabe ou não lembra. Sensação estranha.

Resenha: Dupla Exposição, de Paloma Vidal e fotografias de Elisa Pessoa, selo Anfiteatro (Editora Rocco)

Na realidade, o livro é uma coletânea. Os textos foram escritos e publicados em diferentes ocasiões e locais. Tê-los reunidos nesse volume e acompanhados dessas imagens faz a gente se sentir quase como possuidor de um pequeno tesouro. E talvez todos esses sentimentos e sensações suscitados pela leitura sejam, eles também, pequenos tesouros da gente.

Acho que, sinceramente, cada leitor sentirá o livro de maneira diferente, será tocado de jeitos diferentes, e essa é que é a grande coisa aqui. E também acho que se um livro é capaz de tantas e múltiplas sensações, ele é – definitivamente – algo que vale a pena ser experimentado.

Resenha: Dupla Exposição, de Paloma Vidal e fotografias de Elisa Pessoa, selo Anfiteatro (Editora Rocco)

Ler Dupla Exposição foi uma experiência bem diferente das minhas leituras habituais. Depois de tudo só tenho a dizer que aconselho você, que se identificou com o que eu disse lá no comecinho da resenha, a descobrir a sua experiência particular e única com este livro. Que o receba de peito aberto e se deixe tocar – o resultado vale a pena.

LEIA PORQUE

Dupla Exposição é um livro que instiga sensações das mais diversas e mesmo impossíveis de se definir. Vale provar da experiência se você curte fotografia (arte, no geral) e conteúdo mais introspectivo.

DA EXPERIÊNCIA

Alguns textos mexeram mais comigo, outros menos, mas todos tinham algo a me dizer. Além disso, esta edição é muito bonita, uma peça de arte na estante.

FEZ PENSAR

Lembrei de Nocilla Dream e Nocilla Experience, primeiro e segundo volumes da Trilogia Nocilla, obra pós-moderna que também carrega uma atmosfera experimental e alternativa.


Capa do livro Dupla Exposição

Onde comprar: Fnac

Título: Dupla Exposição
Autor(a): Paloma Vidal
Fotografias: Elisa Pessoa
Editora: Anfiteatro (Editora Rocco)
Edição: 2016
Ano da obra: 2016
Páginas: 106

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

Nenhum comentário

Segue @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros