Quote da quinzena #39: Gataca | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
3 motivos para ver Descendentes 2, o novo filme do Disney Channel  Resenha: Civilizações – A Fonte: dois mundos, uma jornada, de Wallace Horta  Making of O Reino Gelado – Fogo e Gelo: com Larissa Manoela, João Guilherme, João Côrtes e Lipe Volpato
Leituras de abril

Quote da quinzena #39: Gataca

À la française 23 de outubro de 2015 Aline T.K.M. Nenhum comentário


Quem aqui curte um bom thriller? Eu adoro, e por isso a empolgação da pessoa com os quotes de hoje. Aliás, sei que fiquei devendo quotes: bobeei, me deu uma amnésia generalizada e simplesmente esqueci que tinha de postá-los; o resultado foi um mês sem posts do tipo. Sorry.

Mas voltando aos quotes, Gataca é um suspense daqueles que faz a gente não conseguir parar de ler até terminar. Junto com A Síndrome E, faz parte de um díptico sobre violência, combinando suspense policial e genética, biologia e psicologia. Do francês Franck Thilliez, Gataca começa com uma cena tão bizarra quanto improvável: o cadáver de uma cientista é encontrado na jaula de um centro de estudos de primatas. Como esse e outros crimes atrozes se relacionam com o desaparecimento do homem de Neandertal e a seleção natural? Os policiais Franck Sharko e Lucie Henebelle se unem na investigação em busca da verdade escondida por trás desses crimes, e embarcam numa jornada pela evolução das espécies e as origens da violência.

Os quotes são apenas três, mas é o bastante para sentir um pouco da tensão que envolve o livro. Para aqueles que se interessam por livros com uma pegada genética/científica, Gataca é um prato cheio. Confiram os trechos e, depois, relembrem o vídeo-review do livro!

Somente os verdadeiros insones sabem o quanto as noites são longas, e até que ponto os fantasmas berram. Os ruídos noturnos ressoam... E depois, os pensamentos vêm e incendeiam a cabeça...

Em silêncio, ele observava a movimentação das diversas equipes, aquela espécie de balé mórbido comum a todas as cenas de crime. Quaisquer que fossem o local, a situação, a morte talvez trocasse de roupa, mas nunca de rosto.

- As vidas se fazem e se desfazem – disse Lucie com pesar. – E Deus não tem nada a ver com isso. Deus tem uma fita adesiva na boca e as mãos atadas nas costas.

Gataca, de Franck Thilliez


Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

Nenhum comentário

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros