Deixa comigo [Mario Levrero] | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Filme: Um Tio Quase Perfeito  Livros recebidos em abril  Resenha + Sorteio: Quer que eu desenhe? (vol.2)
Leituras de abril

Deixa comigo [Mario Levrero]

Joca Reiners Terron 22 de agosto de 2013 Aline T.K.M. 8 COMENTÁRIOS


Um escritor recebe uma proposta de seu editor: localizar, em uma cidade no interior do Uruguai, um tal de Juan Pérez, autor desconhecido de um manuscrito genial que chegou à editora sem endereço de remetente. Se encontrá-lo, receberá uma boa quantia em dinheiro e terá seu novo livro publicado. Ele aceita a missão e parte para a cidade de Penurias...

Despretensioso, o livro diminuto – tem apenas 160 páginas –, surpreende pelo conteúdo.

A narrativa franca e direta de Levrero dá personalidade à história e é o que mais chama a atenção no livro; adorei o relato debochado, que se faz sério e cômico de maneira simultânea. Característica, aliás, também presente nos nomes da cidades fictícias de Penurias e suas vizinhas, Miserias e Desgracias.

Os personagens são figuras improváveis e corrompidas, a partir do que nos mostra o narrador-protagonista. Um gorducho que já passou dos 50, ele faz de seus encontros com a prostituta Juana uma forma de terapia – da qual não se priva desde que seja o primeiro da noite. Exceto pela peculiar terapêutica, ele próprio parece não ver sentido em sua estada na cidadezinha de Penurias, ainda que a publicação desse romance sem rosto tenha se tornado para ele um compromisso pessoal para com a literatura.

No mínimo, a viagem lhe terá servido para enfrentar o trauma de infância (um sujeitinho que sempre roubava seu material escolar); além de lhe garantir um dinheiro do qual necessita verdadeiramente, isto é, caso consiga encontrar o tal escritor misterioso cujos originais promissores deixaram os suecos empolgadíssimos.

LEIA PORQUE...
O enredo simples e a narrativa de forte presença resultam num livro que cativa sem necessitar de artifícios mil. Além da novela, o livro traz a “Entrevista imaginária com Mario Levrero por Mario Levrero” (escrita em 1987), e um posfácio por Joca Reiners Terron.

DA EXPERIÊNCIA...
Ler Deixa comigo foi uma surpresa das mais agradáveis. Narrado com avidez e sem papas na língua, o livro agrada do início ao fim. E deixa um gosto de quero mais com relação ao autor.

FEZ PENSAR EM...
Sabe aquela cena de desenho animado, quando o personagem fica louco de empolgação e várias coisas meio nonsense aparecem acontecendo ao mesmo tempo na cabeça dele?! Pois sente só o trecho abaixo e diz se não é algo como a versão literária de uma cena desse tipo...

[...] consegui ver bem as tetas mais esplêndidas que o olho humano alguma vez já tenha contemplado neste planeta.
Um videoclipe delirante se projetou em minha mente a toda velocidade: um martelo golpeia a plataforma de um aparelho de feira para medir a força; o peso sobe e sobe até alcançar a campainha no alto [...]. O pica-pau aparece em diferentes ângulos na tela deixando ouvir sua risada característica, e no centro aparece um touro escavando a terra com uma pata; saem nuvens de vapor de seu nariz. Um relógio-cuco dá três horas, soam sinos de igrejas, Jesus caminha sobre as águas (...). Brotam chamas nas paredes do hotel de Barton Fink. Uma pedra enorme despenca sobre o coiote.

Deixa comigo faz parte da coleção OTRA LÍNGUA, que começou a ser lançada este ano pela Editora Rocco, trazendo autores que compartilham a mesma língua: o espanhol latino-americano. Nas palavras de Joca Reiners Terron, organizador da coleção, “mestres das vanguardas, narradores consagrados e novas vozes da atualidade se encontram aqui para revelar o que diz essa língua do lado de lá da fronteira, estranha irmã de nossa própria fala”.

Título: Deixa comigo
Título original: Dejen todo en mis manos
Autor(a): Mario Levrero
Editora: Rocco (coleção Otra Língua)
Edição: 2013
Ano da obra: 1996
Páginas: 160

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

8 COMENTÁRIOS

  1. Parece ser um livro bem diferente, mas gostei do post e confio na Rocco!

    Abraços, Isabela.

    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  2. Eu vi esse livro uma vez e achei interessante. Sua resenha me fez ter certeza que quero comprar e ler, espero que consiga comprá-lo em breve.

    ResponderExcluir
  3. Oi Aline,
    Olha, eu nunca tinha ouvido falar desse livro e nem dessa coleção, mas eu achei muito legal mesmo. Só a sinopse do livro já me cativou. Deve ser ótimo para ler num final de semana. Eu vou adicionar ele à minha lista de quero ler. Adoro livros (romances/novelas) que falam de escritores.
    Parabéns pelo texto.
    Beijos
    Ademar Júnior
    Cooltural

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ademar, nossa, assim que soube do lançamento da coleção eu fiquei hiperanimada. Adoro tudo o que já li de literatura latino-americana e sempre tive vontade de conhecer mais autores latinos. Não sei, há algo na maneira como eles escrevem que me fascina. Recomendo fortemente o livro e acredito que a coleção Otra Língua tem tudo para valer a pena ser devorada. Um beijo!

      Excluir
  4. Oi Aline

    Eu já estava muito inclinada a comprar, achei o enredo bem instigante e agora você me informou muito mais :D que só aumentou o meu interesse, não conhecia o projeto dessa coleção, poxa fiquei bem animada, imagino que poderei conhecer muitos autores.

    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Claudia, se você já pensava em comprar, recomendo que vá em frente e compre, o livro é muito bom mesmo. Essa coleção tem me deixado bastante empolgada, a cada lançamento, cada sinopse que leio é uma pequena descoberta, uma prévia da boa surpresa (espero!) como a que tive ao ler Deixa comigo. Um beijão!

      Excluir
  5. Por isso que esse é um dos meus blogs preferidos, sempre resenhando os livros mais interessantes e diferentes, não sempre os mesmos igual a maioria. Se eu tivesse um blog seria bem parecido com esse.
    Quanto ao livro, me chamou a atenção desde que eu vi na seção de lançamentos do Skoob (já que esses livros não são tão divulgados, só lá mesmo pra gente saber da existência) e me interessei imediatamente, a princípio pela capa, depois pela história, pelo contexto, foi meio que amor à primeira vista, hehe. E agora com essa resenha, fiquem com ainda mais vontade de ler e ele subiu pro topo da minha lista de desejados. ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tainara, que fofo, obrigada! Fico muito feliz que goste do blog!
      Esse livro é mesmo tudo isso, muito bom e simples ao mesmo tempo. Vale muito a pena. =)

      Excluir

Segue @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros