5 motivos para ler Lolita Pille | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Filme: Um Tio Quase Perfeito  Livros recebidos em abril  Resenha + Sorteio: Quer que eu desenhe? (vol.2)
Leituras de abril

5 motivos para ler Lolita Pille

5 motivos para ler 8 de outubro de 2012 Aline T.K.M. 12 COMENTÁRIOS

Lolita Pille nasceu em Sèvres, na França, no dia 27 de agosto de 1982, filha de pai arquiteto e mãe contadora. Nascida em família rica (mas ela se diz "de classe média"), Lolita passou a adolescência envolta em luxo, frequentando a área vip dos clubs mais badalados de Paris. Levava uma vida de futilidades e excessos de todo tipo. Chegou a começar a faculdade de Direito, que ela logo abandonou. De expressão consideravelmente blasé e de natureza desbocada, é adepta a cigarro, bebida e grifes de luxo. Em uma visita ao Rio de Janeiro em 2005, após provar variantes da caipirinha, a jovem autora disse sem reservas que a caipiroska de Paris "é melhor". Ao passear na Rocinha (com bolsa de grife a tiracolo), a fala da moça, então com 22 anos, foi a seguinte: "Parecem mais felizes do que eu".

5 motivos para ler Lolita Pille...

1. A autora escreveu seus primeiros livros bem jovem e diz que o fez sem pensar muito. No entanto, seu primeiro título (que ela escreveu aos 18 anos), Hell - Paris 75016, fez um baita sucesso e virou best-seller, sendo publicado em vários países. O livro critica o estilo de vida de jovens parisienses abastados, cuja rotina baseia-se em drogas, boates, lojas de grife e promiscuidade. Foi só mais adiante que ela desenvolveu verdadeiro interesse por literatura, sentindo necessidade de ler cada vez mais e de ser mais exigente em relação à literatura.

2. O interessante é que Hell foi baseado no próprio universo da autora, em um período de sua vida já deixado para trás. No livro, Lolita Pille mostra uma juventude de classe alta podre em seus excessos, o que causou barulho e foi motivo de desagrado nesse meio. Em entrevista concedida em fevereiro de 2011, às voltas com o lançamento de seu terceiro livro (Cidade da Penumbra), a autora diz que já não pertence a esse mundinho de Hell. Pelo contrário, aos 29 anos, ela já não mergulha nas loucas badalações de outrora e tem se concentrado mais na carreira literária.

3. Lolita Pille se declara feminista e critica a visão da mulher como um objeto; sobre o universo da cirurgia plástica, ela afirma que "a monstruosidade virou padrão de beleza".

4. Hell - Paris 75016 ganhou versão cinematográfica francesa em 2006, intitulada Hell, dirigida por Bruno Chiche. Curiosidade: no início deste ano, o livro teve adaptação teatral em São Paulo, com direção de Hector Babenco. A peça, de título homônimo ao livro, contou com Bárbara Paz no papel da fútil Hell.

5. Lolita Pille é comentada e causa rebuliço, mas está longe de ser amada. Além de ter sido criticada pela imprensa convencional, ela conquistou considerável antipatia na internet - ela se diz detestada na web. Basicamente porque os internautas a consideram "afiliada ao grande sistema", característica que a autora não atribui a si mesma. Também foi alvo do desagrado de amigos e conhecidos jovens de classe AAA, que não gostaram nada de ver seu estilo de vida retratado com tamanha acidez e "desrespeito" em Hell, e reagiram expulsando Pille desse meio social.

OBRAS:
Hell - Paris 75016 (2002)
Bubble Gum (2004)
Cidade da Penumbra (2008)

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

12 COMENTÁRIOS

  1. Oi!

    Falam super bem, dessa autora! Espero ler algo dela.

    Beijos, Kamila

    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline! =)

    Primeiro deixa falar que adorei o seu blog. Não conhecia. Já estou seguindo e vou tentar passar várias vezes por aqui!

    Sobre a autora eu não conhecia. Adorei conhecer um pouco sobre ela. Fiquei super interessado. Vou procurar algo dela pra ler. Muito bom esse tipo de post.

    Ah, eu tenho um blog também. Se quiser passar por lá depois eu agradeço! haha

    Abração.

    Igor Gouveia
    Diário de Bordo de um Leitor - http://www.diariodebordodeumleitor.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Aline! Ainda não li nenhum livro dessa autora, mas me lembro que no ano passado (se não me engano), vi uma resenha de Hell e a blogueira dizia que era um livro muito ruim. Isso me tirou toda a vontade de ler e a partir daí nunca vi mais ninguém falando sobre esse livro.
    Mas achei super bacana esses cinco motivos e o fato dela se abrir e contar como vivia, independente das críticas francesas. Acho que ela teve que ter muita coragem e ousadia, hahaha
    Aliás, o fato dela ser feminista me agradou muito! Vou dar uma pesquisada em Hell, você me deixou com vontade de ler agora! ;)
    Adorei o post, super diferente e criativo! Hahaha

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  4. Oi!

    Ainda não li nada dela. Já conheço algumas resenhas, mas para falar a verdade, nunca fiquei mto animada para ler Hell. Mas gostei de seu post e talvez seja a hora de eu dar uma chance a uma autora nova em minha estante.

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  5. Sempre quiz ler lolita mas nunca compro ( sempre o tiro do carrinho de última hora U.U
    mas são 5 ótimos motivos parabéns pelo post...

    beijos
    www.amostradelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Definitivamente é uma mulher de atitude. Espero que seja boa escritora, pois estamos fartos de autores bons de crítica e ruins de enredo.

    beijos!

    ResponderExcluir
  7. não conhecia seu blog e achei ele maravilhoso. Leitura é o que há =)

    ResponderExcluir
  8. Eu não consegui gostar de Bubble Gum, que foi o único livro da autora que li, mas ainda me sinto tentada a ler os outros livros da Lolita, por mais que eu não tenha gostado da escrita dela. Interessante, não? enfim, quem sabe um dia eu não releio Bubble Gum?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, achei-o muito bom, e espero vir aqui mais vezes. Meu desejo é que continue a fazer o seu melhor, dando-nos boas mensagens.
    Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito honrado.
    Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais, decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa encontrar o seu blog.
    Deixo a minha benção e a paz de Jesus.

    ResponderExcluir
  10. li todos dela...e amo...estou no aguardo de um novo livro dela

    ResponderExcluir
  11. li todos dela...e amo...estou no aguardo de um novo livro dela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredita que ainda estou para ler Hell e Cidade da Penumbra?! Tenho os dois há séculos na estante, agora falta mais tempo para ler tudo hahaha. Mas gostei muito de Bubble Gum.

      Excluir

Segue @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros