Então eu li Cinquenta Tons de Cinza... e gostei! | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Resenha: Geek Love  Resenha | Contumélia, um romance de época com aventura e mistério  Resenha | Justin, HQ de Gauthier, aborda o que é ser transgênero
Semana do Consumidor Amazon | Livros

Então eu li Cinquenta Tons de Cinza... e gostei!

BDSM 27 de março de 2018 Aline T.K.M. 2 comentários

Então eu li Cinquenta Tons de Cinza... e gostei!

Literatura erótica nunca esteve no meu foco de interesse – por preguiça mesmo, e também por não ter muita paciência com histórias de amor, casais e afins. Tirando as juvenis ou as mais alternativas, com personagens excêntricos e tal – essas, sim, eu adoro!

Quando quis conhecer o gênero, fui direto para a Trilogia da Bela Adormecida, da Anne Rice, mas também só li o primeiro livro. Até que algumas coisas mudaram e me interessei em saber qual era a desse fenômeno chamado Cinquenta Tons de Cinza, da autora E. L. James.

Aqui no vídeo, conto um pouco sobre como foi a saga até eu decidir começar a ler a trilogia, por que eu não tinha lido antes, preconceitos literários, o que eu achei sobre os personagens e outras divagações. Sigam-me os bons!


ASSISTA NO YOUTUBE | SE INSCREVA NO CANAL


EM TEMPO: lendo comentários nas redes sociais, percebi que muitas pessoas relacionam o fato de um leitor curtir Cinquenta Tons de Cinza com concordar com tudo o que está sendo mostrado no livro, achar perfeito o relacionamento entre os protagonistas e... sinto desapontar, mas não é bem assim.

O engraçado é que com outros tantos livros polêmicos de verdade, as pessoas não caem em cima com preconceitos e julgamentos antecipados – porque mais da metade de quem critica ou apenas viu os filmes ou só leu o primeiro livro da trilogia.

História de amor bonitinha envolvendo um personagem doentio, bastante romanceada, além de passagens um tiquinho – tiquinho mesmo – hot. Pornozinho suave, na real. Assim é Cinquenta Tons de Cinza. Agora me diz: para que criar polêmica onde não existe?! Rsrsrs.

POSTS RELACIONADOS

Resenha: Os Desejos da Bela Adormecida – Vol. 1
A hora de sair da zona de conforto



Capa Cinquenta Tons de Cinza

Onde comprar o livro: Amazon
Onde comprar o box da trilogia: Amazon

Título: Cinquenta Tons de Cinza (#1)
Título original: Fifty Shades of Grey
Autor(a): E. L. James
Tradução: Adalgisa Campos da Silva
Editora: Intrínseca
Edição: 2012
Ano da obra: 2011
Páginas: 480

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 8 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

2 comentários

  1. Eu não curti a leitura desse livro mas sei que muita gente curtiu, por outro lado adoro Crepúsculo. Então acredito que seja a vibe mais erótica que me incomodou, não sou muito fã do gênero então.. mas adorei o video que você fez e confesso que demorei para ler o livro por preconceito...

    beijos
    https://atrasadaparaocha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comigo foi meio que o inverso, que nem eu disse, num curti mt os livros de Crepúsculo, apesar de gostar dos filmes hehehe. Mas eu acho de verdade que muita gente tem preconceito de 50 Tons, não pelas pitadas eróticas, mas sim por julgarem "literatura de mulherzinha", esse tipo de coisa, o que para mim é uma grande bobagem hahaha.
      Um beijooo!

      Excluir

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Editoras Parceiras