Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
5 coisas que eu achei sobre Os 13 Porquês | Tipos de bullies, apologia ao suicídio  Literatura pulp: Noite Escura, de Rodrigo Tavares  Leituras de fevereiro: li 7 livros!

8 filmes sobre ser garota

Adolescência 8 de março de 2017 Aline T.K.M. 4 COMENTÁRIOS

Filmes sobre ser garota - Especial Dia das Mulheres

Feliz Dia das Mulheres a todas vocês, suas lindas! Como uma maneira de celebrar a data, pensei em falar de 834.754 coisas aqui, mas acabei me decidindo por aqueles filmes que falam – de verdade – sobre o que é ser garota.

As amizades, os obstáculos, a relação com a sociedade, os carinhas, as relações familiares, a passagem de menina a mulher; estes são alguns dos temas abordados nos filmes que listei a seguir.

Além disso, tem duas coisas muito legais sobre esses filmes. Com alguns deles a gente se identifica muito, ou de repente vê nas personagens algumas de nossas amigas. Já em outros, a gente é transportada para uma realidade completamente diferente da nossa, por razões culturais e sociais. Embora essas garotas enfrentem alguns problemas que a gente jamais imaginou viver, ainda assim a gente percebe que muitos dos sentimentos experimentados por elas são os mesmos que a gente sente ou já sentiu.

Meninas e mulheres (e meninos também, por que não?), espero que os filmes abaixo sirvam de inspiração e que dialoguem diretamente – estou certa de que irão – com a porçãozinha mais feminina que mora dentro de vocês! E, olha, vale a pena assisti-los – vários deles estão disponíveis na NET Now, na Netflix e outras plataformas on demand por aí.

GAROTAS
Bande de Filles, de Céline Sciamma, França, 2014


Marieme (Karidja Touré) é uma garota de 16 anos que vive sua vida como uma sucessão de proibições. De origem humilde, negra, de família desestruturada e moradora de um subúrbio francês, ela sofre os efeitos da exclusão social e da falta de oportunidades. A censura exercida pelo bairro, a lei estabelecida pelos garotos, o beco sem saída da escola... Mas seu encontro com um grupo de meninas que reivindicaram sua liberdade muda tudo. Ela abraça os códigos da rua, a violência e a amizade para viver, de fato, sua juventude.

GAROTAS INOCENTES
Very Good Girls, de Naomi Foner, EUA, 2014


A trama segue Gerry (Elizabeth Olsen) e Lily (Dakota Fanning), duas amigas de Nova York que fazem um pacto: perder a virgindade durante o seu primeiro verão depois do fim do ensino médio. Quando ambas se apaixonam pelo mesmo artista de rua, elas têm sua amizade testada, e percebem que a vida não é tão simples ou segura quanto pensam.

LOLA
LOL, de Lisa Azuelos, EUA, 2012


Em um mundo cada vez mais conectado pelas redes sociais, Lola (Miley Cyrus) e seus amigos navegam entre romances e amizades no colégio, enquanto lidam com a dificuldade de manter uma comunicação saudável com os pais. Com Lola não é diferente – sua relação com a mãe, Anne (Demi Moore), é um tanto difícil. LOL é uma autêntica e divertida comédia que retrata com bom humor e naturalidade a realidade dos jovens de hoje em dia.

STELLA
Stella, de Sylvie Verheyde, França, 2009


1977. Stella (Léora Barbara) é uma garota argentina de 11 anos de idade que acaba de entrar em uma escola de Paris. Mas sua vida de verdade transcorre dentro de um bar cujos pais exilados são donos. Um refúgio para a classe trabalhadora, que cai na bebida, faz apostas, fala de futebol e outras amenidades até o dia amanhecer. Para Stella, a escola é complicada. Mais do que os estudos, o que ela não suporta são as humilhações dos professores e amigos por causa de sua origem. É assim que começam a despertar na garota instintos mais violentos. Mas graças a sua única amiga, também filha de intelectuais argentinos exilados, Stella vai vislumbrar um mundo que não conhecia até então: desde o primeiro amor até os perigos que cercam uma menina prestes a se tornar mulher.

COISAS DE GAROTAS
Other Girls, de Esa Illi, Finlândia, 2015


Jessica (Ida Vakkuri), Jenny (Sara Soulié), Taru (Misa Lommi) e Aino (Bahar Tokat) são quatro amigas que estão entrando na vida adulta, passando por situações com as quais nunca tiveram que lidar antes. Entre a perda da inocência e até da crença em certas coisas, elas enfrentam esse momento conturbado da vida com o apoio umas das outras. O filme é baseado em acontecimentos reais: em 2011, quatro garotas de Helsinki mantiveram diários em vídeo sobre suas vidas, durante o período de um ano.

LOLA CONTRA O MUNDO
Lola Versus, de Daryl Wein, EUA, 2012


A bela e romântica Lola (Greta Gerwig) ficou completamente destroçada quando o seu namorado de longa data, Luke (Joel Kinnaman), cancelou o seu noivado duas semanas antes do casamento. Após ultrapassar um profundo estado de depressão, Lola decide aventurar-se novamente no mundo dos encontros românticos e, com a ajuda dos seus dois melhores amigos, Henry (Hamish Linklater) e Alice (Zoe Lister Jones), vai tentar encontrar um homem que a ame e a respeite antes de celebrar o seu trigésimo aniversário.

CINCO GRAÇAS
Mustang, de Deniz Gamze Ergüven, Turquia/França/Alemanha, 2015


No início do verão em um vilarejo turco, Lale (Güneş Nezihe Şensoy) e suas 4 irmãs brincam de forma debochada com um grupo de meninos, o que acarreta em um escândalo de consequências muito fortes: a casa delas se torna praticamente uma prisão, elas aprendem a limpar ao invés de ir para a escola e seus casamentos começam a ser arranjados. As cinco não deixam de desejar a liberdade, e tentam resistir aos limites que lhes são impostos.

GAROTAS REBELDES
Niñas Mal, de Fernando Sariñana, México, 2007


Adela (Martha Higareda) é uma adolescente rebelde que já coleciona cinco tatuagens, um piercing e uma recente prisão por comportamento indecente. Assustado com a possibilidade de que o comportamento rebelde de sua amada filha arruíne suas chances de se eleger governador da Cidade do México, o pai de Adela a matricula à força na última escola de etiqueta para moças existente na cidade, onde a diretora Maca Ribera (Blanca Guerra) garante que transforma qualquer garota numa dama, por pior que ela seja... pelo menos até conhecer Adela. A disputa entre as duas mulheres acaba sendo uma hilária batalha, que enlouquece a escola toda a cada reação de Adela às tentativas de Maca de transformá-la em uma moça comportada e futura deusa doméstica.

Bônus: clipe de "Como Soy", da Ximena Sariñana (amo!), com cenas do filme. Aliás, ela está no elenco como uma das garotas do internato.


**********

Quais outros filmes sobre ser garota vocês incluiriam na lista? Contem aqui nos comentários!

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

4 COMENTÁRIOS

  1. Oii, Aline!!
    Outra das minhas paixões, além de livros, é o cinema! Adoro assistir filmes, por isso quando vi no IG o seu post, corri para conferir as dicas e amei todas!!
    A maioria ainda não conhecia, mais longas para a minha lista de "Quero ver" ♥
    Bj!

    http://bloghistoriasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cailes! Também sou uma apaixonada por cinema rsrs, e sou suspeita para fazer, mas recomendo todos eles! Alguns são mais densos que outros, e são justamente os meus preferidos. Stella, Cinco Graças e Garotas, por exemplo, são bonitos e fazem pensar. Beijos!

      Excluir
  2. Cinco graças é incrível demais! De todos da lista é o único que eu já assisti e lembro que foi quase inevitável não favoritar depois.
    Vou colocar os outros para ver depois.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um filme e tanto, meio que um soco no estômago e ao mesmo tempo é tão bonito! Veja Stella e Garotas também!

      Excluir

Me segue no Instagram!

Parceiros