Vi na Livraria: Esquilos de Pavlov, de Laura Erber | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Resenha: Sopa de Lágrimas, de Gilbert Hernandez  3 hábitos musicais de hoje e da minha adolescência  My Little Pony – O Filme: 4 motivos para assistir
Leituras de abril

Vi na Livraria: Esquilos de Pavlov, de Laura Erber

Alfaguara 4 de novembro de 2013 Aline T.K.M. 4 COMENTÁRIOS


Descobrir Esquilos de Pavlov na livraria (no meio do ano, época do lançamento) foi para mim algo, no mínimo, curioso. É que o livro me chamou atenção pelas mais diversas razões, sendo o título a primeira delas: logo me fez resgatar lá do fundo da memória a imagem de Pavlov e seu famoso experimento de reflexos condicionados em cães (o tal “cão de Pavlov”).

Acalmada a surpresa do título e sabendo que ele nada tem a ver (até onde posso afirmar) com o Pavlov dos experimentos, dei atenção à sinopse (cheguei a relê-la um par de vezes nas livrarias on-line) e a algumas informações que encontrei sobre a autora, cujo livro é sua estreia nos romances. Aliás, a brasileira Laura Erber esteve entre os vinte jovens escritores brasileiros a figurar na lista da Granta em 2012.

Fui mais e enormemente atraída pelo vislumbre de uma trama que envolve a arte e o papel do artista. Segundo Reinaldo Laddaga, crítico de arte e professor da Universidade da Pensilvânia, Esquilos de Pavlov “oferece a minuciosa descrição de um mundo singular: o da arte contemporânea imersa nos paradoxos da globalização”.


Nome Próprio (vídeo-instalação de Laura Erber, 2006)

Interessante também saber que a própria autora, além de formada em Letras e escritora de poemas, é – assim como o protagonista do romance – artista visual e teve residências artísticas em vários países.

Para quem também tiver curiosidade de folhear Esquilos de Pavlov na livraria, reparem que o livro tem imagens no miolo – para turbinar ainda mais nossa curiosidade de leitor.

ESQUILOS DE PAVLOV, de Laura Erber, Alfaguara.
SINOPSE: Ciprian Momolescu é um jovem romeno que vive de bolsas artísticas em peregrinação pela Europa na companhia do gato Li Po. Enquanto narra a sua história, Ciprian redesenha os mitos familiares deixados para trás - o pai, poeta frustrado, autor de livros infantis sobre um ursinho metalúrgico, a mãe hesitante, o avô decadente e todo um ambiente afetivo que se arma e desarma na cadência frenética desta prosa.

Ao receber uma bolsa da obscura fundação Das Beckwerk, em Copenhague, ele se depara com artistas desencantados, estátuas profanadas e a figura fugidia da Senhora Pavlov, que fará a ele e a seus companheiros uma proposta ambígua, crucial, que acaba por revelar um inusitado caminho.

Em 'Esquilos de Pavlov', a artista visual e poeta Laura Erber entremeia a escrita do romance com uso de coleção de fotos que dialogam com a narrativa, criando uma intertextualidade entre a palavra e a imagem. A autora se apropria com liberdade das bases do romance de formação para construir uma ficção impiedosa, por vezes lírica, marcante não só pelas frases precisas e espirituosas, mas pela maneira distinta de fazer literatura.

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

4 COMENTÁRIOS

  1. Que interessante esse livro, nunca tinha ouvido falar dele e nem da autora, mesmo ela sendo brasileira (e citada por professor da Universidade da Pensilvânia)! Achei a capa do livro mto enigmática, cheia de significado e a sinopse me deixou curiosa :)
    Bjos
    Débora
    Introducing you a Book

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha ouvido falar nem do livro, nem desse cara das experiencias... rsrs
    Mas certamente um livro que fala de peregrino, nos faz conhecer bem os lugares por onde passa.
    Me interessou.

    Beijos.
    www.livrosqueinspiram.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro, nem a autora e achei interessante essa conquista dela. Sua descrição da obra me deixou curiosa para saber do que se tratava, mas confesso que a sinopse não me instigou muito. E não sabia e ainda não entendi muito bem o que é esse cão de Pavlov, é famoso?

    Abraços, Raquel.
    http://viajandoclivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi querida,
    Eu também não conhecia esse livro, talvez porque seja uma estreia. Mas pelo que você colocou aqui no post, parece muito interessante.
    Me parece uma das leituras que a gente sai sabendo um pouquinho mais sabido, rsrs
    Beijos
    ​​​​​​​​​​​​Cooltural

    ResponderExcluir

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros