5 motivos para ler Franz Kafka | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Resenha: Sopa de Lágrimas, de Gilbert Hernandez  3 hábitos musicais de hoje e da minha adolescência  My Little Pony – O Filme: 4 motivos para assistir
Leituras de abril

5 motivos para ler Franz Kafka

5 motivos para ler 4 de julho de 2013 Aline T.K.M. 9 COMENTÁRIOS

Celebrando o 130º aniversário do autor, que na verdade foi ontem (mas estou certa de que ele não se importa nem um pouco pelo atraso)...

Franz Kafka nasceu em Praga, República Tcheca (na época, pertencente à Áustria-Hungria), no dia 3 de julho de 1883. De família judia, cresceu influenciado pelas culturas judaica, tcheca e alemã; tinha o alemão como primeira língua, e era esse o idioma que utilizava para escrever. Apesar de ter se formado em Direito, sua verdadeira paixão era a literatura. Teve uma relação bastante conturbada com o pai (exposta na conhecida Carta ao Pai), deixando marcas que o escritor levaria por toda a vida.
Kafka sofreu de tuberculose durante alguns anos e faleceu no dia 3 de junho de 1924, na Áustria, em um sanatório onde se encontrava internado. Sua obra – em grande parte incompleta e publicada postumamente – é admirada mundo afora, e o escritor é considerado um dos mais influentes na literatura ocidental do século 20. A Metamorfose é sua obra mais conhecida.

5 motivos para ler Franz Kafka?

1. Kafka nunca atingiu grande reconhecimento e fama em vida. Aliás, se hoje conhecemos e temos acesso à sua obra, devemos isso ao também escritor Max Brod, amigo do autor. Kafka teria lhe confiado o desejo de que destruísse todos os seus manuscritos depois de sua morte; porém, felizmente, Brod não foi fiel à vontade do amigo...

2. O autor tem um vocábulo derivado de seu nome. Além de ter relação com o próprio escritor, e denominar aqueles que o admiram e estudam, “kafkiano” expressa característica absurda e surreal, remetendo a uma atmosfera incompreensível e labiríntica, própria da narrativa de Franz Kafka.

3. Seus textos são repletos de ironia e dor. De fato, Kafka fez parte da Escola de Praga, um movimento voltado para uma criação literária caracterizada pelo realismo, com tendência metafísica, e situada entre a lucidez da razão e um forte sarcasmo.

4. Sua obra é um retrato bastante fiel do ser humano moderno e de sua condição. As cidades são modernas, urbanas e burocráticas, lugar onde tudo assume enormes proporções; enquanto o homem é um ser frágil, inserido nesse ambiente hostil. Em obras como A Metamorfose e O Processo vemos bem esses aspectos.

5. Franz Kafka foi um cara introvertido, que levava em si certa misantropia tácita. Desajustado, o escritor foi acompanhado pela solidão durante toda sua vida; era incompreendido pelo pai, e suas relações amorosas foram atribuladas e inconstantes. Por outro lado era independente e prezava sua individualidade, chegando mesmo a buscar a solidão para dedicar-se à literatura – seu refúgio e razão de viver. A solidão pode ser vislumbrada em toda a sua obra, nos próprios personagens e/ou nas situações por eles vivenciadas.

PRINCIPAIS OBRAS:
A Metamorfose (escrita em 1912, publicada em 1915)
O Processo (escrita em 1914, publicada em 1925)
Carta ao Pai (escrita em 1919)
O Castelo (escrita em 1922, publicada em 1926)
Um Artista da Fome (conto publicado em 1922 e em 1924)
O Desaparecido ou Amerika (publicada em 1927)

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

9 COMENTÁRIOS

  1. Aline,
    eu gosto demais do autor! A Metamorfose é uma história muito boa e O Processo é genial!

    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Metamorfose é um livro e tanto. Li há muitos anos (ainda do colégio, 1º ano do ensino médio, acho) e quero relê-lo porque acredito que vou enxergar outras nuances na história, creio que terei uma percepção bem diferente hoje.
      Bjs.

      Excluir
  2. Não conhecia o autor mas confesso que fiquei com vontade de ler os livros dele!
    Uma pena estes autores que só são reconhecidos depois de mortos... :/


    Beijos!

    Bia | www.livroseatitudes.com.br

    ResponderExcluir
  3. Até este ano Franz Kafka era apenas um clássico. Mas, após ler A Metamorfose e uma série de contos compiladas no livro "Essencial Franz Kafka", da Penguin-Companhia, as coisas mudaram. Tenho que admitir, o tipo de perturbação que a obra é capaz de incutir no leitor transcende, particularmente, qualquer experiência de leitura anterior. Desde então,tenho nutrido um certo fascínio pela produção do autor.

    Abraços
    Juan - sempre-lendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juan, você leu a compilação de contos do Kafka! Eu quero tanto ler esse livro. A Metamorfose marca pelo verdadeiro mergulho no interior (sombrio) do ser humano; quero ler o livro novamente porque o li há tantos anos atrás...

      Excluir
  4. Acredita que nunca li nenhum livro do autor? *vergonhaaa*
    Adorei o post!
    Um beijo;
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia A Metamorfose, é inesquecível e impossível de ficar indiferente perante a história.

      Excluir
  5. Como nunca li nada do autor, tem algum q vc indique? Que seja bacana começar por ele?

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andy, do Kafka só li A Metamorfose (e também alguns trechos de Carta ao Pai). Recomendo (sempre!) A Metamorfose, que traz uma mensagem que certamente não passará despercebida. Inclusive, tenho vontade de reler o livro num futuro próximo. =)

      Excluir

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros