P.S. Eu te amo [Cecelia Ahern] | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
3 motivos para ver Descendentes 2, o novo filme do Disney Channel  Resenha: Civilizações – A Fonte: dois mundos, uma jornada, de Wallace Horta  Making of O Reino Gelado – Fogo e Gelo: com Larissa Manoela, João Guilherme, João Côrtes e Lipe Volpato
Leituras de abril

P.S. Eu te amo [Cecelia Ahern]

Cecelia Ahern 17 de janeiro de 2013 Aline T.K.M. 21 COMENTÁRIOS

Holly e Gerry eram aquele tipo de casal que a gente chama de “almas gêmeas”. Eram. Gerry morre e Holly perde o chão, fica devastada. Antes de morrer, Gerry deixou um pacote contendo doze cartas para Holly, uma para cada mês do primeiro ano de sua vida sem ele. Resta a Holly encontrar a força necessária para seguir em frente, percebendo mais do que nunca o apoio incondicional de sua família e amigos. E ainda encarar a realidade de estar prestes a completar 30 anos...

Por mais que a sinopse (e a capa do livro, inclusive) sugira baldes de lágrimas e um enredo completamente “fundo do poço”, não é essa a ideia. Tampouco se trata de uma daquelas histórias de “você pode superar tudo, é só ter fé!!!”, onde o excesso de otimismo chega a irritar.

P.S. Eu te amo traz equilíbrio e palavras bem escolhidas. Não seria difícil embarcar sem rumo na temática e derrapar nos exageros – de sentimentalismo, de drama, de banalidade até. Só que Cecelia Ahern foi bastante feliz ao conduzir o romance de maneira divertida e até leve. Os dramas da protagonista não afundam a narrativa num sofrimento sem fim, mas ao mesmo tempo são capazes de emocionar.

Há, também, outro ângulo interessante a ser notado. Holly está com seus 29 anos e muitos meses, a crise dos 30 está embutida em todo o turbilhão de coisas na vida dela. Todo o universo da protagonista vem desmistificar a ideia de que aos 30 você é uma mulher totalmente madura e decidida, com uma pilha de conquistas profissionais, vida sentimental estável e que deixou no passado todas as inseguranças dos 20 e poucos. Balela. Holly nos mostra que, verdadeiramente, aos 30 você ainda tem muito daquela menina "insegura" que você era aos 20. Muitas coisas mudam; outras, demoram mais para mudar do que a gente (e todo mundo) idealiza. Consolador ou não, aos 30 você provavelmente continuará fazendo as mesmas brincadeiras e piadas infames, e chorará por muitas das mesmas coisas, tal como você faz aos 23 ou aos 26 anos.

LEIA PORQUE...
A história é linda. E pode ir sem medo porque não tem nada de dramalhão de 2ª categoria.
Se você gostou do filme*, leia! Aliás, seria mesmo difícil falar de P.S. Eu te amo sem mencionar o filme. Ambos são ligeiramente diferentes em vários aspectos, mas a essência, o fio condutor de tudo, permanece igual.
*Filme: P.S. Eu te amo, dirigido por Richard LaGravenese, EUA, 2007.

DA EXPERIÊNCIA...
Uma leitura que faz rir, torcer, pensar, se emocionar. Pacote completo! Só desejei encontrar nele as idílicas paisagens da Irlanda (como os campos de Wicklow que vemos no filme). No livro, muitos dos lugares diferem do filme, a maior parte da história se passa em Dublin e isso me agradou mais do que assisti-los morando em Nova York.

FEZ PENSAR EM...
Como as irlandesas verdadeiramente exageram quando o assunto é bebida. Elas tomam todas (mesmo!) e descem do salto, com direito a vexame e comportamento atrevidíssimo, tudo combinando com as roupas inacreditavelmente curtas. Nada contra, mas que é hilário, é!


Cena linda do filme P.S. Eu te amo (na Irlanda)

Título: P.S. Eu te amo
Título original: P.S. I love you
Autor(a): Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Edição: 2012
Ano da obra: 2004
Páginas: 368

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

21 COMENTÁRIOS

  1. Olá! Gostei da resenha, eu tenho esse livro aqui e estou louca para ler! Acho que vai ser a próxima leitura depois da sua resenha.. Beijos!
    http://sonhando-com-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Estou com o livro aqui para leitura, mas a falta de vergonha na cara tá grande! Eu amoooooooooo o filme, me deu ate vontade de assistir pela milionésima vez e chorar novamente.
    Todo mundo fala que o livro é melhor, agora quero ler rápido. Vou colocar nas próximas leituras!

    Bjoo

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não li esse livro e sou louca para assistir ao filme, todos falam tão bem dos dois e parece ser tão romântico... Adorei sua resenha, me fez pensar mais uma vez no porque de eu ainda não conhecer a história, vamos ver ne?!
    rs
    beijos querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os dois são bons, mas são diferentes e provocam sensações diferentes, na minha opinião. Eu chorei bastante com o filme, já com o livro não derramei nem uma gotinha hehe. Vale a pena sim, tanto ler quanto assistir!

      Excluir
  4. Parece ser um livro "diferente", da vibe do Nicholas Sparks, apesar de a capa lembrar bastante os livros dele, rsrsrsrsrs.

    Fiquei curioso!

    http://cafe-elivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa parece total com as capas do Sparks hahaha. Mas (e acho que ainda bem) o livro em si não entra nesse estilinho. Bjoo!

      Excluir
  5. Aline, tudo bem?

    Apesar de amar o filme e de ter o livro, u ainda não o li, mas lerei logo, pois ele está na minha lista do desafio deste ano. To até com medo. Já choro horrores com o filme, imagina com o livro! Socorro!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha também chorei horrores com o filme, e olha que eu não costumo chorar com qualquer filme, não! Mas sabe que o livro é meio diferente nesse sentido, não chorei com o livro. Bjoka!

      Excluir
  6. Esse é um dos filmes mais tristes que já assisti o que mais pensar que o livro é bem mais. Como sou uma manteiga derretida, leio esse tipo de livro num momento mais propicio, se não me descabelo totalmente. Acho a capa do filme mais bonita do que essa.

    Bjs, @dnisin
    http://diamanteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, sabe que achei o filme beeeem mais triste que o livro. E concordo com você, a capa do filme é bem mais bonita; aliás, eu num curto muito a capa desse livro, para ser honesta hehe...

      Excluir
  7. Oie Aline!

    Infelizmente o livro não conseguiu me emocionar tanto como o filme. Achei a Holly chata em muitas ocasiões rs...

    É um bom livro, mas gostei mais do filme.

    Ótima resenha!


    bjus e uma ótima semana para vocês!
    ;***

    anereis.
    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei bastante do livro, mas o filme me emocionou mais, de chorar. Já o livro é bonito, é triste, mas também é bem divertido e engraçado, mais leve.

      Excluir
  8. Já assisti o filme e me emocionei, porém não sei se vou ler o livro. Geralmente os livros são melhores que os filmes, porém não gostei muito do filme hahaha. Enfim, lindo blog, parabéns!

    Beijos,
    Renata.

    http://viciadas-em-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, que pena que não gostou muito do filme, ele é bem triste, isso é verdade... Mas o livro é meio diferente do filme, não é tão carregado de emoções, é bonito só que mais leve, e com várias partes engraçadas. =P

      Excluir
  9. Amei a resenha!
    Também achei que a Cecelia soube equilibrar muito as coisas - tanto no drama quanto no humor!

    Acho que a parte da emoção, de chorar, é mais por nos colocarmos no lugar da Holly e já sermos (antes de ler) apaixonadas por Gerry.

    Eu também acho que, apesar de diferentes, o livro e o filme são muito bons e ambos valem conferir.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Eu adoooro esse filme! Ainda não consegui ler o livro, mas foi só falta de tempo, porque com toda a certeza pretendo descobrir em breve se ele é tão apaixonante quando o filme.
    E a escrita da Cecelia é ótima mesmo :D
    Luh
    http://blog.fomedelivros.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oie Alineeeeeee!!!
    Gostei demais desse livro.
    To feliz por ler uma resenha onde a pessoa não fala "ai chorei horrores com o livro".
    Ele é leve, gostoso de ler, divertido. Cecelia tem uma escrita ótima.
    Gostei muito do fato que o livro tem sua beleza e o filme tem uma beleza diferente.
    A sutil diferença deles me fez gostar mais ainda da história.

    Amei ler cada palavra que escreveu. Tua resenha tá completa e mostrou exatamente o que gostei no livro, essa leveza dele num assunto tão delicado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee! Hahah na verdade não sou muito chorona com livros (acho que o único, que eu me lembre, de quase ter me feito chorar foi Um Dia, e foi quase...). Mas realmente achei que a leveza foi o grande trunfo e destaque do livro. Bjinho e obrigada, flor!

      Excluir
  12. Nossa quero ler PS.Eu te amo logo , estou doido por um romance decente tenho lido vários romances ruins e tenho me decepcionado muito , é pela sua resenha e de várias outras pessoas esse é o romance certo , vou tentar comprar o mais breve possível beijos !

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta e segue :D )

    ResponderExcluir
  13. O Filme PS eu te amo é um dos meus romance favorito (apesar de não gostar muito da Holly do filme), e desde que assisti ao filme, queria saber mais detalhes desse romance tão lindo e isso só é possível através do livro mesmo ( e quem sabe eu não goste mais da Holly do livro).Quero muito ler.

    ResponderExcluir

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros