Harry Potter à l’École des Sorciers [J.K. Rowling] | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Leituras mais recentes – parte 1: thrillers e Meus 15 Anos  3 motivos para ver Descendentes 2, o novo filme do Disney Channel  Resenha: Civilizações – A Fonte: dois mundos, uma jornada, de Wallace Horta
Leituras de abril

Harry Potter à l’École des Sorciers [J.K. Rowling]

À la française 23 de setembro de 2011 Aline T.K.M. 8 COMENTÁRIOS

Este review não será como os outros: é totalmente desnecessário dizer algo a respeito da série Harry Potter. Todo mundo conhece, todo mundo já leu, todo mundo sabe muito bem os aspectos positivos e os motivos que nos fazem grandes fãs dos livros de J.K. Rowling.

O post de hoje – dedicado a falar da edição francesa do primeiro livro da série – será, então, totalmente voltado aos estudantes de francês que desejam ler algo para praticar o idioma (e quem estiver pensando em estudar algum outro idioma... empolguem-se com a ideia e aventurem-se no mundo francófono: garanto que ler HP em francês vale a pena! ^^ ).

Então, voilà... Harry Potter à l’École des Sorciers é a edição francesa do nosso Harry Potter e a Pedra Filosofal. Para o nível intermediário-avançado, não é uma leitura que considero difícil. Diria que flui naturalmente, sem grandes problemas. Ainda assim, nos deparamos com palavras com as quais não estamos familiarizados, e nessas horas o dicionário vem bem a calhar (mas não é imperativo, já que é bem possível compreender a maioria destas palavras apenas pelo contexto).

De forma mais concreta, diria que a leitura de Charlie et la Chocolaterie (A Fantástica Fábrica de Chocolate), já resenhado anteriormente, foi mais simplificada se comparada a Harry Potter à l’École des Sorciers. Ainda assim, a diferença de nível está longe de ser gritante. No site da editora Gallimard Jeunesse, o livro aparece como recomendado para crianças a partir de 9 anos de idade.

SINOPSE: Le jour de ses onze ans, Harry Potter, un orphelin élevé par un oncle et une tanta qui le détestent, voit son existence bouleversée. Un géant vient le chercher pour l’emmener à Poudlard*, une école de sorcellerie ! Voler en balai, jeter des sorts, combattre les trolls : Harry se révèle un sorcier doué. Mais quel est le mystère qui l’entoure ? Et qui est l’effroyable V..., le mage dont personne n’ose prononcer le nom ?

*Na versão francesa, Hogwarts se chama Poudlard, o professor Snape se chama Rogue,... Particularmente, não gostei destas modificações.

Nova capa francesa,
menos infantil
Para complementar: a editora tem um site dedicado ao HP. Glossário, mitos relacionados aos personagens, jogos e papeis de parede, entre outras coisas, podem ser encontrados lá. É uma ferramenta bastante interessante para praticar o francês, ainda mais por estar relacionada ao universo do nosso querido e imortal Harry Potter. Vale a pena conferir:
http://www.harrypotter.gallimard-jeunesse.fr/

Sobre a capa: gosto desse estilo de ilustração mais simples e infantilizada das capas francesas de HP. Ainda, a Gallimard Jeunesse está relançando toda a série com novas capas, mais “adultas”, além de uma caixa para guardar a coleção. Porém preciso dizer... As nossas capas são muito mais lindas! O tipo de papel e o acabamento fosco tornam as capas brasileiras ainda mais atraentes, a meu ver.
Título: Harry Potter à l’École des Sorciers
Título original: Harry Potter and the Philosopher’s Stone
Autor(a): J.K. Rowling
Editora: Gallimard Jeunesse, coleção Folio Junior
Classificação: a partir de 9 anos
Páginas: 322
Edição: 2010
Ano da obra: 1997

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

8 COMENTÁRIOS

  1. Achei essa capa de Harry Potter bem diferente!
    Muito legal sua dica sobre como começar a ler em outras línguas, o pessoal sempre me pergunta com relação aos livros em inglês, a próxima língua que quero aprender é o Frances *_*

    Bjs
    Mari
    Psychobooks

    ResponderExcluir
  2. Tu fala francês??? Quero muito aprender essa ´língua. Eu leio bastante em inglês e é muito bom para treinar o idioma. Adorei a capa do livro rsrs

    Gabi

    ResponderExcluir
  3. Excelente dica, frances é maravilhoso, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  4. Ai, que chique *-*
    Eu acho a língua francesa linda e estou doida para começar a estudar o idioma (devo começar no início do ano que vem)!!!

    ResponderExcluir
  5. Adorei a capa infantil do livro. Sou tão péssima em francês que nem arriscaria, não entendo uma palavra nesse idioma. Mas acho que, pela leitura ser fácil, é uma ótima pedida pra quem está aprendendo o idioma, como você falou. Além de se divertir bastante no livro ;D
    Muito bom o site que a editora criou, mas pena que eu não entendo bolhufas XD
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. É uma boa mesmo, çer um livro tão conhecido em poutro idioma, porque tu já está familiarizado com a história, acho que isso ajuda também. Leio coisas em inglês, e isso melhora muito o vocabulário.
    Beijos querida
    Bruna
    www.desbravandohistorias.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ah sim, com certeza ajuda MTO ler um livro que a gente já conhece mas em outro idioma. Fica mais fácil reconhecer vocabulário.
    E quem tem interesse na língua francesa, nem preciso dizer que é uma língua super gostosa de aprender (particularmente adoro estudar idiomas e conhecer um pouco mais da cultura do país em questão).

    ResponderExcluir
  8. Ahh que interessante que você consegue ler em francês! ^^
    Acho uma língua muito linda mas confesso que não entendo absolutamente nada, nem o básico do básico rsrs Quem sabe um dia.. =)

    Já tinha visto essa capa de HP e achei interessante, é bem diferente mas ainda prefiro a brasileira.

    Achei super estranho o fato deles mudarem os nomes de Hogwarts e de Snape o.o Acho que nomes não deveriam ser mudados nunca, independente do idioma escrito!

    Bjos!

    ResponderExcluir

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros