Frida Kahlo [Rauda Jamis] | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
3 motivos para ver Descendentes 2, o novo filme do Disney Channel  Resenha: Civilizações – A Fonte: dois mundos, uma jornada, de Wallace Horta  Making of O Reino Gelado – Fogo e Gelo: com Larissa Manoela, João Guilherme, João Côrtes e Lipe Volpato
Leituras de abril

Frida Kahlo [Rauda Jamis]

Arte 3 de junho de 2011 Aline T.K.M. 7 COMENTÁRIOS

Mais que uma simples biografia romanceada, Frida Kahlo (de Rauda Jamis) é uma verdadeira preciosidade.

Nova capa do livro, relançado em
setembro/2015 pelo selo Martins
Frida Kahlo (1907-1954) foi uma consagrada pintora mexicana que revolucionou a arte em seu país e no mundo. Esposa do grande pintor mexicano Diego Rivera, a obra de Frida é caracterizada principalmente por seus famosos autorretratos. Admirada por artistas e intelectuais da época (Picasso foi um deles), Frida teve uma vida singular, na qual arte, dor, amor e política se mesclaram com uma intensidade brutal.

Contraiu poliomielite durante a infância e, aos 16 anos, foi vítima de um terrível acidente que mudou o rumo dos seus dias, fazendo de sua vida uma alternância de torturas causadas pelas inúmeras lesões na coluna vertebral. Passou grande parte da vida prostrada em uma cama e sofrendo o martírio imposto pelos dolorosos corpetes de gesso que era obrigada a usar. A pintura surgiu da dor e suas obras retratavam seu mundo. Ainda que alguns aproximassem sua arte do Surrealismo, ela o negava e, decididamente, reforçava que pintava a própria realidade.

Sinto que sou totalmente suspeita para resenhar esse livro. Primeiro porque tenho uma incansável admiração por Frida Kahlo. E, em segundo lugar, porque há tempos e tempos eu vinha nutrindo uma vontade imensa de ler uma biografia da pintora. Então, como não podia deixar de ser, devorei o livro com uma avidez sem igual. Não houve uma página da qual eu não gostasse (parece exagero, mas garanto que não é!).

Biógrafa e biografada, por vezes, tornam-se uma só durante o texto, conferindo beleza e força à obra. Durante a leitura nos deparamos com extratos de cartas e citações (tão famosas) de Frida, o que torna o livro ainda mais enriquecedor. Um livro especial; disso não tenho dúvidas. Descobrir a vida de Frida Kahlo foi uma experiência envolvente: as dores tão intensas, o amor conturbado com Diego Rivera, o reconhecimento como artista, o trauma de não conseguir ter filhos, o envolvimento com o Partido Comunista,... Leitura mais que obrigatória para os admiradores da pintora mexicana, e para todos os leitores que desejam deixar-se envolver pelo relato de uma trajetória sem igual. A personalidade, a inteligência, a profundidade, o talento e a fibra de Frida surpreendem de verdade.

Li uma edição espanhola e penso que foi uma ótima escolha, já que fazia muito tempo (muito mesmo!) que não lia em espanhol. Porém a recomendaria apenas para quem já tem certo domínio do idioma. Esta edição traz algumas páginas contendo fotos e imagens de algumas das obras de Frida. Achei legal, mas insuficiente (esperava imagens de mais obras), e considero um verdadeiro pecado colocarem em preto-e-branco as imagens das obras. Este foi o único pedacinho do livro que deixou a desejar; porém é sempre bom lembrar que se trata de uma biografia e não de um livro de arte (o foco é a vida da pintora).

Edição lida: Frida Kahlo, de Rauda Jamis, Circe - Grupo Océano, 2005 (20ª edição).
Onde comprar em espanhol: Livraria Cultura

Um pequeno parêntese: esse livro chegou a mim em um momento muito adequado, perfeito, eu diria. Encontrei-o em março desse ano na lojinha do Museo Thyssen-Bornemiszna, em Madri; entrei no museu para ver a exposição Heroínas, especialmente com o objetivo de ver de perto uma das obras de Frida que fazia parte da exposição. Ao retornar a Dublin (ainda estava lendo o livro), para minha surpresa - e sorte! -, houve uma exposição de Frida Kahlo e Diego Rivera e exibição de dois documentários sobre eles no IMMA - Irish Museum of Modern Art. Ou seja, um complemento valiosíssimo para minha leitura! Foi emocionante ver de perto todas aquelas obras! (A overdose de Frida Kahlo não para por aí... ainda tenho um outro livrinho esperando para ser lido: Frida Kahlo 'I Paint My Reality'.)

Para quem se interessar, existe um conhecido filme sobre a vida da pintora. Frida foi lançado em 2002, dirigido por Julie Taymor e traz Salma Hayek como Frida Kahlo. O figurino chama a atenção (e não podia ser diferente, já que as roupas de Frida eram sua marca registrada) e a trilha sonora é excelente.
(Aliás, fiquei sabendo da existência de um primeiro filme sobre Frida Kahlo, de 1983, chamado Frida, Naturaleza Viva. Confesso que deu vontade de ir atrás dele!)

Voltando ao livro, Frida Kahlo foi publicado no Brasil com o mesmo título pela editora Martins Fontes (mas dei uma rápida pesquisada e parece que não se encontra mais disponível). Conselho: se por acaso der de cara com esse livro em algum sebo, leve-o sem pensar duas vezes!!

ATUALIZAÇÃO (13.09.2015): O livro acaba de ser relançado pelo Selo Martins, da Martins Fontes (a foto no início do post já é a da nova capa, lindíssima, por sinal). Não é só porque foi a primeira biografia que li sobre a Frida, mas o livro é mesmo obrigatório, de leitura fluida e, de novo, essa capa...! Logo abaixo, na ficha técnica do livro, dou dicas de onde comprá-lo.

Frida Kahlo - site oficial: www.fkahlo.com

Título: Frida Kahlo
Autor(a): Rauda Jamis
Publicação original: 1985
Onde comprar: Livraria da Folha | Livraria Cultura | Martins Fontes

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

7 COMENTÁRIOS

  1. Achei seu blog por acaso.

    Eu gosto da história da frida. Gostaria de ler sua biografia.

    Beijos!!

    Arte Around The World

    ResponderExcluir
  2. Ain, não me interessei muito de ler esse livro não, mas acho que posso assistir o filme pelo menos :D
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  3. Não é bem o gênero de livro que eu gosto de ler, então acho que não leria. Talvez eu assistiria ao filme, não sei UAHSUAHSU

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  4. Sou admiradora da Frida, sua obra e história. Assisti ao filme - belíssimo - e com essa otima resenha, fiquei ansiosa para ler o livro. Espero encontrá-lo. Abçs.

    Mari
    http://todolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, Aline!
    Biografia não faz muito o meu gênero rs. Talvez algum dia eu consiga dar a oportunidade de conferir o livro. Entretanto, o filme sobre a história de Frida me despertou mais a atençã.
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  6. Ah história da Frida é inteligente, mas ela me mata de medo. Acho os quadros dela um tanto, caóticos - se isto faz algum sentido. Eu já vi este filme dela, ela teve uma vida bem conturbada. Gostaria de ler a biografia dela, parece interessante. Beijos, lindo o blog! *-*

    Rachel Lima
    http://etcoetra.blog.br

    ResponderExcluir
  7. Eu confesso que tinha um certo preconceito com biografias, mas isso mudou quando eu li, Eu Sou Alice, que traz a história da vida da verdadeira Alice que inspirou Lewis Carroll a escrever Alice no País das Maravilhas. Um dos livros mais emocionantes que eu li.

    Esse livro da Frida parece ser realmente maravilhoso. Daqueles de me arrancar as lágrimas.

    Vou colocar na minha lista de desejos, com certeza!

    Beijinhos

    Ler e Almejar

    ResponderExcluir

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros