A Fantástica Fábrica de Chocolate [Roald Dahl] | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Resenha: Sopa de Lágrimas, de Gilbert Hernandez  3 hábitos musicais de hoje e da minha adolescência  My Little Pony – O Filme: 4 motivos para assistir
Leituras de abril

A Fantástica Fábrica de Chocolate [Roald Dahl]

À la française 23 de maio de 2011 Aline T.K.M. 10 COMENTÁRIOS

O post de hoje traz um livro com uma história MUITO conhecida por todos, seja pelo próprio livro ou pelas 2 versões cinematográficas dele. Trata-se de A Fantástica Fábrica de Chocolate, de Roald Dahl. Mas a leitura na qual me baseio ao escrever a resenha é a versão francesa do livro – Charlie et la Chocolaterie – que revela-se também um ótimo material para estudantes de língua francesa.

Mr. Willy Wonka est le plus incroyable inventeur de chocolat de tous les temps. Son usine, la chocolaterie Wonka, doit être un endroit vraiment magique !

L’extraordinaire histoire du jeune Charlie Bucket commence le jour où il gagne l’un des cinq tickets d’or permettant de visiter la mystérieuse fabrique du confiseur. Mais il est bien loin d’imaginer les folles aventures qui l’attendent...


Ninguém sabia o que acontecia dentro daquela fábrica de chocolate. Tinha gente trabalhando nela, claro, mas ninguém entrava e ninguém saía. Só saiam os doces e os chocolates, bem embrulhadinhos, prontos para serem vendidos.

Um dia, os portões da fábrica se abriram para cinco felizardos ganhadores do Cupom Dourado - e o mistério se desvendou.

O leitor é convidado a conhecer o rio de chocolate, a grama de açúcar mentolado, os caramelos de cabelo e mil outras delícias - tudo isso na companhia do incrível Sr. Wonka, o dono da Fantástica Fábrica de Chocolate.

Apesar de ser um livro claramente voltado ao público infanto-juvenil, ele tem tudo para agradar aos adultos também – em especial os que consideram o primeiro filme parte essencial de sua infância.

O livro fala sobre valores e comportamento, tudo muito bem encaixado nas características das personagens infantis que, de tão caricatas, chegam a ser hilárias. Aliás, todas as personagens do livro possuem essa característica caricata (também por tratar-se de um livro infanto-juvenil) e sempre fica muito claro quem é mocinho e quem é vilão. Willy Wonka é uma atração à parte; assim como nos filmes, no livro ele tem algo de levemente sarcástico, alguma malícia não óbvia, mas claro que em nível muito menor do que vemos nas versões cinematográficas. É difícil de saber se o colocamos na coluna dos bonzinhos ou na dos malvados, já que ele tem características de ambas. Eu diria até que ele é o único personagem verdadeiramente adulto (e real) do livro; mesmo os outros adultos (os pais e avós de Charlie e os pais das demais crianças) mostram sinais de uma personalidade mais simplificada, mais simples de ser compreendida.

O texto fácil e claro faz com que o livro possa ser lido em um único dia (pelos mais ávidos e com tempo). Além disso, a edição francesa que li (da Gallimard Jeunesse) traz as ilustrações de Quentin Blake, que ilustrou também outras obras de Roald Dahl. Seus traços simples ganham a simpatia do leitor e proporcionam um aspecto ainda mais lúdico à obra. Um super ponto positivo!

Algo que me surpreendeu um pouco foi perceber que o segundo filme (a formidável versão de Tim Burton, de 2005) é mais fiel ao livro que o primeiro filme, dirigido por Mel Stuart em 1971. Apesar disso, eu sempre preferi o filme antigão, que nos mostra um Willy Wonka muito mais irônico, e por vezes até cruel. Sem falar que os Oompa Loompas da primeira versão e suas musiquinhas são muito mais “cool”.  ;-)

Por falar nas musiquinhas... SIM, elas aparecem no livro!! Achei particularmente genial e, com certeza, é um dos pontos altos do livro.

Em suma, é um livro encantador, divertido e que traz importantes mensagens. Um livro mágico, como só Roald Dahl pode conceber. Penso que todo mundo deveria lê-lo em algum momento da vida.

Sobre a leitura do livro em francês, devo dizer que é excelente para a prática do idioma. Eu o recomendaria principalmente aos estudantes de nível intermediário, que já possuem algum conhecimento dos tempos verbais, para uma leitura mais rica (no site da editora, o livro é indicado à faixa etária dos 9 aos 13 anos). A leitura é simples, e é possível de ser feita mesmo sem o auxílio do dicionário (muitas palavras podem ser perfeitamente compreendidas pelo contexto). Para quem tiver interesse, acredito que o livro possa ser encomendado na Livraria Cultura ou na Saraiva.

Edição lida: Charlie et la Chocolaterie, de Roald Dahl, Gallimard Jeunesse, 2007.

Para alimentar um pouquinho a nostalgia...



Apesar de preferir a versão mais antiga, também gosto bastante da versão de Tim Burton (que, aliás, está entre meus diretores preferidos).


Título: A Fantástica Fábrica de Chocolate
Autor(a): Roald Dahl
Ano da obra: 1964

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

10 COMENTÁRIOS

  1. Oi Aline!
    Ainda não tive a oportunidade de assistir a primeira versão cinematográfica e nem de ler o livro (apesar dele estar me esperando na estante).
    Gosto muito do Willy Wonka da segunda versão, mas agora que estou sabendo que o outro é ainda mais irônico, vou assistir o quanto antes!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Olha...não sabia que era um livro...só vi os filmes (as duas versões), quem sabe um dia leia =)

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir
  3. Ei Aline,

    Eu tenho vontade de ler o livro, só vi o filme e gosto muito.

    bjoo

    ResponderExcluir
  4. Oi, Aline :)
    Li o livro "A Fantástica Fábrica de Chocolate" há algum tempo... Eu realmente amei!! Antes eu tinha visto o filme antigo, qdo reprisou... Me apaixonei pela história, achei o livro na biblioteca e li em poucos dias. :D
    Conhece o livro "Charlie e o Grande Elevador de Vidro"??? A história é como se fosse um tipo de continuação de "A Fantastástica Fábrica de Chocolate". Muito bom tbm!!

    Ah, vou procurar a versão que vc sugeriu de "O Fantasma da Ópera". Eu fiz um trabalho sobre o filme e vi algumas fotos de versões antigas. Vou procurar pra assistir!
    Bjs ;)

    ResponderExcluir
  5. ei Aline,
    sou apaixonada pelos filmes, ainda não li o livro, mas tenho vontade.
    Ainda vou ler. ^^

    beijos.

    ResponderExcluir
  6. eu não sabia que tinha um livro, pra mim eram so os filmes, quero muito ler .

    ResponderExcluir
  7. Eu já li esse livro na escola e adorei!! Achei tão legal!
    Não assisti a nenhum filme, mas agora q eu vi o trailer do mais novo, fiquei com vontade!!! *.*
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. A versão antiga vai ser eterna pra mim... Cresci assistindo a esse filme, marcou minha infância, sabe? Já o do Tim Burton, não curti mt não. Na vdd não sou a favor de remakes, mas... :x

    Bjs,
    Kel - It Cultura
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  9. Nossa parabéns pela resenha! Adorei mesmo. E voce ainda leu em frances *-* Que legal én. Eu adoro o idioma e pretendo estudar no ano que vem. Esse ano ainda precisa terminar o ingles né HEHEH
    Já li o livro, mas nunca assisti o filme. Depois de assistir aos trailes me interessei..
    Beeijos!

    booksmylovers.blogspot.com

    ResponderExcluir

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros