‘O Chão Sob Meus Pés’: filme de Marie Kreutzer aborda o controle excessivo quando a realidade está a ponto de desmoronar | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Resenha: A Menina Submersa  Hábitos de Leitura  Resenha: Os Gigantes da Montanha
Semana do Consumidor Amazon | Livros

‘O Chão Sob Meus Pés’: filme de Marie Kreutzer aborda o controle excessivo quando a realidade está a ponto de desmoronar

Cinema austríaco 24 de junho de 2020 Aline T.K.M. Nenhum comentário

O Chão Sob Meus Pés: filme de Marie Kreutzer aborda o controle excessivo quando a realidade está a ponto de desmoronar

Selecionado para o 27° Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade, que aconteceu no ano passado, o drama austríaco O Chão Sob Meus Pés teve sua estreia adiada por causa dos acontecimentos relacionados ao Coronavírus. Mas a novidade é que o filme, que tem direção de Marie Kreutzer, está na programação do festival online de pré-estreias do Espaço Itaú Play.

Organizado pelo Espaço Itaú de Cinema em parceria com a plataforma Looke, o festival acontece dentro do próprio site do Espaço Itaú, por meio de seu mais novo projeto: o Espaço Itaú Play.

Entre os dias 19 e 28 de junho, são exibidas pré-estreias virtuais de filmes estrangeiros e brasileiros. Cada título fica disponível por 48 horas e pode ser visto por R$10,00 – 20% desse valor será destinado à APRO (Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais) para auxiliar os profissionais do cinema afetados pela pandemia. Acesse o site do festival para assistir aos longas.

O filme O Chão Sob Meus Pés será lançado no festival no dia 26 de junho, mas já dá para adquirir o aluguel na pré-venda.

Os filmes da programação também estrearão no circuito mais adiante, quando as atividades retornarem.

SINOPSE

Lola (Valerie Pachner) é uma jovem consultora de negócios com uma carreira promissora, que tem necessidade de manter um controle extremo sobre a vida pessoal e profissional. A condição de sua irmã mais velha é desconhecida de todos, assim como o histórico familiar de doença mental. Mas um evento trágico ameaça bagunçar sua vida e expor seus segredos, fazendo com que Lola perca o controle sobre a realidade.

POR QUE ASSISTIR

Filme contido, que mais sugere do que entrega de bandeja, O Chão Sob Meus Pés é um grito abafado, um silencioso pedido por socorro sem destinatário certo.

Workaholic, Lola desconta nos exercícios físicos todo o esgotamento mental ocasionado pelo excesso de controle em cada aspecto de sua vida. Além da situação delicada envolvendo a irmã, Lola também enfrenta obstáculos na esfera profissional. Por mais que mostre seu valor, ela é assolada pelo sexismo no ambiente corporativo, exercido também e em grande parte por Elise, sua chefe, com quem mantém um relacionamento amoroso em segredo.

O Chão Sob Meus Pés: filme de Marie Kreutzer aborda o controle excessivo quando a realidade está a ponto de desmoronar

Aliás, é bem interessante enxergar o envolvimento chefe-funcionário por uma perspectiva outra que não a tão manjada situação do chefe homem e da funcionária e amante mulher. Aqui temos duas mulheres, inseridas em um contexto extremamente machista que é o dos negócios. Esse machismo resvala até mesmo na feminilidade, no modo de vestir e agir, reforçando a ideia – que ainda é uma realidade odiosa – de que feminilidade não impõe respeito nem sugere poder. Elise, Lola e tantas outras mulheres em determinadas áreas profissionais ainda se veem obrigadas a adotar atitudes mais “agressivas” para se fazer ouvir.

Ainda, é válido destacar que o relacionamento homoafetivo entre Lola e Elise não é fetichizado nem coberto de clichês – ponto bem positivo.

O Chão Sob Meus Pés: filme de Marie Kreutzer aborda o controle excessivo quando a realidade está a ponto de desmoronar

Protagonista de difícil acesso, Lola incita pouca ou nenhuma empatia no espectador. As coisas se agravam quando ela dá sinais de confusão e distanciamento da realidade. Ela precisa de ajuda, mas, ao mesmo tempo, vive em negação, resiste a buscar mudanças na vida que já conhece e a qual não consegue mais manejar sozinha.

Perturbada pela doença de sua irmã, Conny, e o fantasma dos distúrbios mentais em sua família, Lola se agarra ao trabalho como refúgio de uma vida desestruturada e vazia. Falta humanidade em suas relações e interações, em mesmo seu entorno, no qual ela se encaixa às custas de um estresse colossal.

O Chão Sob Meus Pés: filme de Marie Kreutzer aborda o controle excessivo quando a realidade está a ponto de desmoronar

Angustiante na medida, o filme constrói as camadas de um desespero que vai tomando conta da protagonista, em uma espécie de panela de pressão que pode rebentar a qualquer momento. No entanto, esperamos por um transbordar que nunca acontece.

Ainda assim, poderíamos apostar que nem o mais hermético dos seres suportaria tudo isso incólume. E os fantasmas não vistos, como bem sabemos, são aqueles capazes de atingir as proporções mais inimagináveis.

TRAILER E INFOS




O Chão Sob Meus Pés (Der Boden unter den Füßen | The Ground Beneath My Feet) – 108 min.
Áustria | 2019
Direção: Marie Kreutzer
Roteiro: Marie Kreutzer
Elenco: Valerie Pachner, Pia Hierzegger, Mavie Hörbiger, Michelle Barthel, Marc Benjamin, Dominic Marcus Singer, Meo Wulf, Axel Sichrovsky, Bernd Birkhahn, Axel Wandtke

Estreia: a ser definida

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 10 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além de teatro, dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

Nenhum comentário

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros