‘Vox Lux – O Preço da Fama’: atuação grandiosa de Natalie Portman em um retrato de nossos tempos | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Série | Juacas 2ª temporada: 5 motivos para assistir  Livro: Como uma Luva de Veludo Moldada em Ferro  Livro: O Elefante Desaparece, Haruki Murakami
Semana do Consumidor Amazon | Livros

‘Vox Lux – O Preço da Fama’: atuação grandiosa de Natalie Portman em um retrato de nossos tempos

Brady Corbet 28 de março de 2019 Aline T.K.M. Nenhum comentário

Filme Vox Lux – O Preço da Fama: atuação grandiosa de Natalie Portman em um retrato de nossos tempos | Cinema

Natalie Portman reina absoluta em Vox Lux – O Preço da Fama, um cruel drama musical sobre a construção de um ícone e ídolo pop, e a armadilha que a fama estrondosa representa. É isso, só que é muito mais do que isso.

Com direção de Brady Corbet e elenco encabeçado por um trio poderoso – Portman, Jude Law e Stacy Martin –, o filme estreia esta semana nos cinemas.

Filme Vox Lux – O Preço da Fama: atuação grandiosa de Natalie Portman em um retrato de nossos tempos | Cinema

Vox Lux já começa pesado. O ano é 1999. Ao sobreviver a uma tragédia, Celeste (Raffey Cassidy e Natalie Portman), então uma adolescente de catorze anos, tem decretada a sentença de toda uma vida. Os créditos do filme rolando no início, logo após o trágico acontecimento, determinam o fim daquela existência e o nascimento de uma nova Celeste.

Ao cantar em uma cerimônia às vítimas da tragédia, Celeste é transformada em pop star, um produto (quase) pronto para ser consumido, sua dor pessoal convertendo-se em alimento como um bife pingando sangue sendo atirado à jaula dos leões famintos pelo próximo ídolo pop da vez.

Filme Vox Lux – O Preço da Fama: atuação grandiosa de Natalie Portman em um retrato de nossos tempos | Cinema

Sob os cuidados de seu agente e da irmã mais velha e compositora, a também adolescente Eleanor (Stacy Martin), Celeste ganha o mundo e é sob os holofotes que a menina perde a inocência de forma implacável e se torna mulher. Uma mulher cuja vida pública – a única que, de fato, existe – é envolta em polêmicas. O afastamento emocional entre ela e a irmã, com quem ainda mantém uma relação de dependência mútua, e uma filha adolescente negligenciada são sinais do vazio que se tornou a existência de Celeste.

Enquanto tudo o mais desmorona, já em 2017, Celeste tenta superar um escândalo que prejudicou sua carreira e se prepara para a turnê do sexto álbum, o sci-fi Vox Lux, que marca uma espécie de renascimento e também um retorno às origens, já que se apresentará em sua cidade natal.

Filme Vox Lux – O Preço da Fama: atuação grandiosa de Natalie Portman em um retrato de nossos tempos | Cinema

Aplausos mentais à atuação grandiosa e visceral de Natalie Portman, que preenche Celeste de uma arrogância e rebeldia que não são mais que mecanismos de defesa e ferramentas de sobrevivência no mundo hostil do showbiz. Vez ou outra, a adolescente despedaçada e amedrontada emerge por entre as fendas da armadura.

Stacy Martin não deixa nada a desejar na pele da irmã permanentemente ofuscada. É impressionante ver como o frescor intrínseco à atriz (conforme se vê em Ninfomaníaca – Parte 1 e em O Formidável) consegue se desvanecer à perfeição ao encarnar Eleanor.

Já o agente, interpretado por Jude Law, é a figura jamais questionada, que exerce o papel de bilhete de entrada de Celeste rumo à decadência pessoal. O protetor – do produto, porque do ser humano... – é também quem participa do corromper, a ponto de fazer com que nos perguntemos se não seria ele, afinal, o grande executor do desvirtuamento da coisa toda desde o início.

Filme Vox Lux – O Preço da Fama: atuação grandiosa de Natalie Portman em um retrato de nossos tempos | Cinema

Complementado pela atmosfera que remete ao desolamento e por ótima trilha sonora e músicas originais de autoria de Sia, o grande mérito do longa reside bem onde muitos talvez apontem como fraqueza: a trama é completamente centrada e limitada ao indivíduo, no caso, Celeste.

Toda a história se presta a narrar os efeitos da fama na garota, desde sua fabricação ao movimento de tentar se reerguer. Embora estejam no cerne da trama, praticamente não se veem manifestações midiáticas – salvo pela presença (inoportuna) de jornalistas e paparazzi e uma coletiva de imprensa que está mais para campo de tiro ao alvo do que qualquer outra coisa. Tudo aqui é sobre Celeste, o que acontece com ela e o que nela reverbera.

Filme Vox Lux – O Preço da Fama: atuação grandiosa de Natalie Portman em um retrato de nossos tempos | Cinema

Longe de ser uma falha na trama, a ausência dos pais desde o início só vem a reforçar tanto a impotência geral como a subestimação (ou ignorância mesmo) do poder devastador da mídia e de um mundo controlado por ela e por seus produtos. Além disso, a inversão de prioridades e valores é uma triste constatação; assistimos à fama e o poder enganoso que a acompanha em detrimento de um ser humano sem uma única relação sequer que seja verdadeira e saudável e segura em sua vida.

Acertadamente dividido em atos e com um narrador (“o” narrador, Willem Dafoe) frio e duro em seu observar, Vox Lux é um filme “ame ou odeie”, cuja história e personagens poderiam facilmente existir no mesmo mundo do também cruel Demônio de Neon.

Filme Vox Lux – O Preço da Fama: atuação grandiosa de Natalie Portman em um retrato de nossos tempos | Cinema

Aviso: o desfecho é aberto. Aberto? Bem, como se já não se soubesse o provável, e inevitável, desfecho de uma vida vivida à mercê do combo sucesso-mídia-dinheiro.

Ao mesmo tempo, o espetáculo em si é fim literal e metafórico – justifica todos os meios e é o que move indivíduos e sociedades inteiras. É o clímax da vida, o ritual de adoração desses deuses da contemporaneidade, venerados e derrubados sem dó. Ascensão e decadência se confundem, quase gêmeas, em uma realidade na qual cada ser humano é uma arma letal em potencial, e indiscutivelmente manipulável.

Catalisado na trajetória da protagonista, Vox Lux é um retrato fiel de nossos tempos, com toda a crueldade, sarcasmo e – por que não? – poesia a que temos direito.

TRAILER E INFOS




Vox Lux – O Preço da Fama (Vox Lux) – 114 min.
EUA | 2018
Direção: Brady Corbet
Roteiro: Brady Corbet
Elenco: Natalie Portman, Jude Law, Stacy Martin, Jennifer Ehle, Raffey Cassidy, Christopher Abbott, Logan Riley Bruner, Willem Dafoe

Estreia: 28 de março

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 9 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

Nenhum comentário

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Editoras Parceiras