4 motivos para ver o filme A Garota do Armário | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Resenha: Sopa de Lágrimas, de Gilbert Hernandez  3 hábitos musicais de hoje e da minha adolescência  My Little Pony – O Filme: 4 motivos para assistir
Leituras de abril

4 motivos para ver o filme A Garota do Armário

Cinema francês 22 de setembro de 2017 Aline T.K.M. Nenhum comentário

Cinema: 4 motivos para ver o filme A Garota do Armário

Sextou! E eu simplesmente não podia deixar de falar sobre um filme que estreou esta semana e que merece ser visto por cada um de vocês. Trata-se de A Garota do Armário, do francês Marc Fitoussi (Um Amor em Paris e Copacabana).

Anouk (Jeanne Jestin) é uma garota de 14 anos que, para uma atividade escolar, precisa realizar um estágio de uma semana. Por isso, ela vai parar na empresa de seguros onde sua mãe (Émilie Dequenne) trabalha. Nesta semana de imersão completa no mundo dos adultos – e no mundo corporativo –, a menina aprende sobre a vida, sobre as pessoas, e sobre sua mãe.

Cinema: 4 motivos para ver o filme A Garota do Armário

Entre fazer figuras de post-it e organizar (inúmeras vezes) um pequeno depósito – tarefa ingrata que lhe é dada por duas funcionárias intragáveis –, Anouk acaba tomando conhecimento do caso de uma mulher marroquina, mãe de duas crianças, que não conseguiu receber o seguro do marido, morto em um acidente.

Cinema: 4 motivos para ver o filme A Garota do Armário

Anouk deseja ajudar de alguma maneira, e, por causa desse caso, acaba descobrindo algumas irregularidades na empresa – que podem, inclusive, envolver sua mãe. Muito humana e ainda inocente, a garota se depara com as injustiças praticadas por algumas empresas e precisa lidar com a decepção; o amadurecimento acompanha esse combo.

Cinema: 4 motivos para ver o filme A Garota do Armário

Com um toque de drama e pitadas de humor (afinal, a protagonista é uma adolescente e vive algumas situações bem típicas dessa fase), A Garota do Armário é o tipo de filme que a gente assiste e depois sai recomendando por aí. Vale para os jovens, vale ainda mais para os crescidos.

Segura aí 4 motivos para ver A Garota do Armário no cinema. Assistam, pelamordedeus!

1. A ADOLESCÊNCIA SOB UMA OUTRA PERSPECTIVA

Com certeza você já viu um número considerável de filmes que abordam a adolescência, certo? A Garota do Armário também é um filme que fala sobre essa fase da vida, mas de uma maneira completamente diferente.

Anouk está no início da adolescência e, de repente, mergulha no universo adulto durante uma semana. No entanto, ela ainda traz algo da inocência infantil, ao mesmo tempo em que demonstra sensibilidade, empatia e consciência do que é certo e errado.

Cinema: 4 motivos para ver o filme A Garota do Armário

A adolescência é a fase da curtição e das descobertas, mas também é um período de desilusões diante da vida real e, muitas vezes, da desconstrução da figura do herói representada pelos pais. É o que acontece com Anouk. Quando, no fim do dia, ela se encontra com uma amiga para conversar e compartilhar as novidades de seus estágios, fica gritante a transformação que está acontecendo com a protagonista.

Cinema: 4 motivos para ver o filme A Garota do Armário

2. UM VISLUMBRE DO MUNDO CORPORATIVO

O filme nos dá um panorama do universo corporativo, dos funcionários levados ao seu limite todos os dias, das relações hipócritas e superficiais, do retrabalho e da ineficiência de muitas atividades, do vazio e da pequenez que tudo isso significa, no fim das contas.

Desde a submissão hierárquica até o machismo, e mesmo o assédio no ambiente de trabalho; tudo isso passando pelas relações interpessoais, bullying, fofoca e crueldade. Em dado momento, uma funcionária frequentemente solitária tem uma explosão no refeitório, situação que, de acordo com a observação dos adolescentes que cumprem estágio na empresa, é pior do que costuma acontecer no colégio.

Cinema: 4 motivos para ver o filme A Garota do Armário

Ou seja, o filme deixa entrever o cotidiano por vezes cruel e odioso das grandes empresas, onde “crianças grandes e mimadas” praticam sem pudor as suas birras, suas relações interesseiras, as picuinhas contra os coleguinhas e sua corruptibilidade. Tudo isso em escala ilimitada.

3. QUESTÕES DELICADAS

A Garota do Armário traz um leque de questões delicadas e dá combustível para a reflexão pós-filme. Além de descortinar o confronto de uma adolescente com a realidade do ambiente de trabalho, o longa aborda sua decepção com relação à mãe.

É um baque quando a garota descobre um outro lado da mãe, sua capacidade de agir com frieza. Mas é também uma mãe que cria sozinha a filha, que lida com situações complicadas no trabalho – incluindo um chefe que não a respeita. E, apesar de tudo, ela precisa do emprego e se sente desencorajada a deixar a empresa onde ela teve suas conquistas e ganhou experiência, mesmo sem ter conseguido realizar o ensino superior.

Cinema: 4 motivos para ver o filme A Garota do Armário

Neste aspecto, o título original adquire uma provocação que falta no título brasileiro. Maman a tort, “mamãe cometeu um erro”, cutuca com esse ar propositadamente infantil, desiludido e delator.

Todas essas questões sensíveis são colocadas através dos olhos da garota Anouk. Em apenas alguns dias, a jovem é bombardeada com um mundo de novas informações e, pensando neste aspecto, é natural que o longa opte por não se aprofundar demais nelas. O diretor mantém a leveza, mas, ainda assim, escancara a desilusão e a falha, e é pessimista ao não apresentar a redenção como uma possibilidade. Filme leve, mas que dá um puta recado no final.

4. JEANNE JESTIN: PRESTEM ATENÇÃO NESTA GAROTA

Jeanne Jestin, 14 anos, é a protagonista do filme e mostra uma atuação louvável. A seriedade no olhar de Anouk, o desencanto na fala e, ao mesmo tempo, os dilemas adolescentes; Jeanne consegue carregar o filme e fazer o par perfeito com Émilie Dequenne, que interpreta Cyrielle, a mãe.

Cinema: 4 motivos para ver o filme A Garota do Armário

Jeanne começou sua carreira no cinema aos 9 anos e participou dos filmes A Vida Doméstica (Isabelle Czajka), O Passado (Ashgar Farhadi) e Orage (Fabrice Camoin). A Garota do Armário é seu primeiro papel como protagonista e ela já é considerada na França como um dos nomes promissores para o futuro do cinema no país.

TRAILER E FICHA TÉCNICA


Uma jovem de 14 anos tem que fazer um estágio de uma semana como parte de um projeto escolar. Por isso, sua mãe arranja um estágio para a menina na companhia de seguros onde trabalha como executiva júnior. Porém, enquanto reorganiza um armário de armazenamento, a jovem descobre alguns segredos desagradáveis que a empresa esconde, e que podem envolver sua mãe.



A Garota do Armário (Maman a tort) – 110 min.
França/Bélgica – 2016
Direção: Marc Fitoussi
Roteiro: Marc Fitoussi
Elenco: Jeanne Jestin, Émilie Dequenne, Nelly Antignac, Camille Chamoux, Annie Grégorio, Sabrina Ouazani, Jean-François Cayrey, Grégoire Ludig

Estreia: 21 de setembro

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

Nenhum comentário

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros