Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
5 coisas que eu achei sobre Os 13 Porquês | Tipos de bullies, apologia ao suicídio  Literatura pulp: Noite Escura, de Rodrigo Tavares  Leituras de fevereiro: li 7 livros!

Lançamentos imperdíveis de outubro

Aleph 30 de outubro de 2015 Aline T.K.M. 5 COMENTÁRIOS

Os lançamentos literários de outubro fizeram aumentar e muito minha wishlist. Alguns deles, como o sci-fi Eu Sou a Lenda e também O Regresso, romance sobre o poeta Arthur Rimbaud, já estão lá na estante, entre as minhas próximas leituras. Outros livros, como Miniaturista, O Pai Morto, Angosta e A Realidade Devia Ser Proibida, me deixaram na maior ânsia, morrendo de vontade de tê-los para ontem. E a capa de Primatas da Park Avenue?! Adorei!

Esses são só alguns – o post está lotaaado de lançamentos mais que imperdíveis! Thrillers que têm tudo para serem incríveis, livro do Jimmy Choo (aquele bull terrier que faz o maior sucesso no Insta), distopia, Stephen King, David Levithan, clássicos em novas edições, um livro para colorir fofíssimo (quem gosta de bonecas vai amar!). Enfim... confiram os lançamentos literários que mais me conquistaram este mês!


MARÉ VIVA
Cilla & Rolf Börjlind, ed. Rocco
Onde comprar: Submarino | Americanas | Livraria da Travessa | Amazon (edição Kindle)
Olivia Rönning, jovem estudante da Academia de Polícia, recebe um trabalho desafiador: deve escolher um homicídio não concluído, prestes a parar no arquivo morto da polícia, e verificar se, com os recursos tecnológicos atuais, seria possível trazer uma solução para o caso. O alvo de Olivia é o assassinato de uma mulher grávida na praia da ilha de Nordkoster, em 1987, durante a maré viva – fenômeno que ocorre quando Sol e Lua se alinham com a Terra, gerando uma diferença significativa entre maré baixa e maré alta.

Olivia se depara com mais uma situação. Tom Stilton, o investigador responsável pelo caso na época, desaparece e todos se calam quando ela pergunta por ele. E mais: seu pai, policial já falecido, também esteve envolvido nas investigações. A busca por Stilton e a retomada das investigações da misteriosa morte da mulher grávida a levam à ilha de Nordkoster.

Paralelamente, a população anda chocada com os assassinatos de moradores de rua em Estocolmo; os espancamentos dos sem-teto são filmados por seus algozes e postados na internet. Haveria alguma conexão entre a violência contra os moradores de rua na capital sueca e a morte da mulher grávida numa remota ilha?


O REGRESSO: A ÚLTIMA VIAGEM DE RIMBAUD
Lúcia Bettencourt, ed. Rocco
Onde comprar: Submarino | Livraria da Travessa | Amazon (edição Kindle)
O romance trata do retorno do poeta Arthur Rimbaud (1854-1881) à França, em seus últimos meses de vida, depois do longo e misterioso período em que passou na África, trabalhando como comerciante de café, traficante de armas e mercador de escravos, entre outras ocupações. A narrativa revela a trajetória repleta de angústia e rebeldia de um artista atípico, um gênio precoce que escreveu toda a sua obra na adolescência (o “Barco ébrio” e outros poemas fundamentais), e que influenciou a literatura moderna e também a contemporânea.

O encontro de Arthur Rimbaud com o também poeta Paul Verlaine (1844-1896) na Paris dos cafés e do clima cultural que atraía exilados de todas as nacionalidades foi além da simples troca de versos e impressões. Rimbaud e Verlaine formaram um dos casais mais famosos da literatura, retratado com delicadeza no livro.

Tudo nos é lembrado e contado por um homem no limiar da loucura, sofrendo as dores de um câncer ósseo na perna. Em outro plano, um leitor apaixonado folheia os versos do poeta, como quem os reescrevesse, e refaz a sua biografia. Conjugando História e ficção, Lúcia Bettencourt convida o leitor a um privilégio que só a literatura é capaz de proporcionar: viajar no tempo e penetrar a intimidade de um artista genial.


SOB O CÉU DO NUNCA (Trilogia Never Sky)
Veronica Rossi, ed. Rocco Jovens Leitores
Onde comprar: Submarino | Americanas | Saraiva (e-book)
Moradora de Quimera, núcleo de civilização protegido por um domo, Aria nunca viu o exterior do seu mundo. Para a jovem, o mundo sempre foi dentro do espaço confinado do núcleo ou nos reinos virtuais que visitava e não tinha a menor ideia do que a esperava fora das portas de Quimera.

Quando perde o contato com Nirvana, núcleo onde sua mãe trabalhava em uma pesquisa científica, Aria tenta descobrir uma forma de restabelecer a conexão. E começa uma aventura emocionante repleta de descobertas chocantes sobre a realidade em que vive.

Devido a um trágico evento com a surpreendente presença de um Forasteiro, um habitante do mundo exterior, Aria é abandonada no lado de fora de Quimera, nas terras devastadas conhecidas como Loja da Morte. Um lugar assombrado por tempestades de éter, com ar venenoso e habitado por selvagens e canibais. Aria reencontra o forasteiro, Peregrine ou Perry, que está buscando o sobrinho, levado pelos conterrâneos de Aria. Aria e Perry partem numa viagem em busca de respostas e podem encontrar muito mais do que esperam.

Passados 300 anos após uma catástrofe que devastou a Terra, Sob o céu do nunca segue a tradição dos romances ambientados num futuro distópico dominado por governos autoritários dispostos a manter o poder a qualquer preço. E Veronica Rossi criou um universo apaixonante, um mundo perigoso e cruel, mas ao mesmo tempo belo e fiel à tradição iniciada por sagas como Jogos Vorazes e Divergente.


O NOME DA ESTRELA
Maureen Johnson, ed. Rocco
Onde comprar: Submarino | Saraiva
Nem bem Rory Deveaux pisou em Londres, logo soube a respeito do único assunto que parecia interessar a todos: o assassinato de uma mulher seguindo os mesmos moldes do crime praticado por Jack, o Estripador quase um século atrás. Por uma sinistra coincidência, o internato onde a garota recém-chegada dos Estados Unidos iria morar ficava bem na área de atuação do serial killer mais famoso da Inglaterra. Em dias normais, a área já era frequentada por turistas interessados na história. Imagina agora com um maníaco querendo imitá-lo.

As preocupações de Rory, porém, eram outras. Com seu sotaque diferente e a inexperiência de dividir o quarto com outras pessoas, a adolescente estava morrendo de medo de não se adequar à nova vida. Sorte que sua colega de quarto, Jazza, é legal e que não demorou para fazer um amigo especial, Jerome. Porém, houve uma segunda vítima do serial killer, no mesmo dia e com o mesmo padrão do crime praticado pelo próprio Jack, o Estripador em 1888.

Na data do terceiro assassinato praticado pelo famoso serial killer, a polícia montou um esquema a fim de coibir um próximo crime. Todos estavam proibidos de deixar os dormitórios. Jerome, porém, estava entediado e convenceu as duas meninas a subir no telhado do dormitório masculino para acompanhar a movimentação lá de cima. Mas alguma incomodava Rory: por que só ela havia visto aquele homem careca e com roupas ultrapassadas que abordou tanto ela quanto Jazza na volta furtiva ao dormitório? Por que Jazza insistia que não tinha visto ninguém? Quem era aquele homem? Logo ela descobriria a resposta; e um grupo bem especial de policiais também.


O PAI MORTO
Donald Barthelme, ed. Rocco
Onde comprar: Submarino | Livraria da TravessaSaraiva (e-book) | Amazon (edição Kindle)
Imenso, poderoso, frágil, atônito, surpreendente, mentor, castrador, pecador, um homem maior que todos, ou um homem como qualquer um. Uma imensa reflexão sobre a figura paterna, em muitas de suas representações, dá o mote ao romance do norte-americano Donald Barthelme, um dos expoentes do pós-modernismo e cuja obra marcou profundamente a cultura americana nas últimas décadas do século XX.

Publicado originalmente em 1975, e lançado agora pela primeira vez no Brasil, o livro narra a libertina e desvairada morte do seu protagonista, que ao invés de conduzir o enredo vai sendo arrastado, a contragosto, para um destino que ignora, por um cabo que envolve seu corpo descomunal.

O fio condutor do enredo é a saga dos filhos para enterrar o Pai Morto, uma figura gigantesca, que não está totalmente convencido sobre o fim de sua existência. Transportado para o local de sepultamento, ele questiona o fato de que sua morte física já aconteceu. É clara a sua esperança de permanecer no mundo, e que a dificuldade de enfrentar a separação da família é semelhante à tristeza que os filhos experimentam por sua ausência.

Mesclando gêneros e estilos – fábulas com definições enciclopédicas, diálogos íntimos com reflexões metafísicas – e apresentando contradições, a narrativa levanta a ambiguidade de sensações e sentimentos que permeiam as relações entre pais e filhos.


MINIATURISTA
Jessie Burton, ed. Intrínseca
Onde comprar: Livraria da Travessa | Livraria Cultura | Livraria Cultura (e-book) | Amazon (edição Kindle)
No frio outono de 1686, Petronella Oortman, de 18 anos, chega a Amsterdã para começar uma nova vida como esposa do ilustre comerciante Johannes Brandt. Mas sua nova casa, apesar de esplendorosa, não é acolhedora. Johannes é gentil porém distante, sempre trancado em seu escritório ou no depósito de produtos, deixando Nella sozinha com a irmã dele, a maliciosa e ameaçadora Marin.

Mas o mundo de Nella se transforma quando Johannes lhe oferece um extraordinário presente de casamento: uma réplica da casa deles em miniatura. Para mobiliá-la, Nella contrata os serviços de um miniaturista – um artista furtivo e enigmático, cujas criações são cópias perfeitas dos móveis e objetos da casa – que envia as peças de um jeito misterioso e inesperado. O presente de Johannes ajuda a esposa a compreender o mundo da família Brandt, mas à medida que ela descobre seus segredos, começa a entender e temer os perigos que os cercam.

Nessa sociedade religiosa e repressiva, ser diferente é uma ameaça às morais e nem mesmo um homem como Johannes está livre. Apenas uma pessoa parece ser capaz de enxergar o futuro que os aguarda. Seria o miniaturista o caminho para a salvação ou o arquiteto da destruição? Miniaturista é uma magnífica história de amor e obsessão, traição e vingança, aparência e verdade.


UMA HISTÓRIA DO MUNDO
Andrew Marr, ed. Intrínseca
Onde comprar: Livraria da Travessa | Livraria da FolhaAmazon (edição Kindle)
Da Roma e da Grécia clássicas à ascensão de Napoleão, do Peru à Ucrânia, de Gêngis Khan a Galileu – originalmente uma série de TV da BBC, Uma História do Mundo revisita fatos e personalidades históricas e aponta paralelos surpreendentes entre tempos e geografias distantes. Um mapa diversificado e acessível dos erros e acertos de grandes líderes e civilizações inteiras, que triunfaram ou pereceram fazendo a história.

O livro aborda as figuras mais marcantes e transformadoras da história, mas também é uma obra sobre nós. Afinal, quanto melhor entendermos como os soberanos perdem o contato com a realidade, por que as revoluções produzem ditadores com muito mais frequência do que geram felicidade, ou ainda o motivo de algumas regiões do mundo serem mais ricas do que outras, mais fácil poderemos compreender o nosso próprio tempo.


UM CÃO CHAMADO JIMMY
Rafael Mantesso, ed. Intrínseca
Onde comprar: Livraria da Folha | Livraria Cultura (e-book) | Amazon (livro físico)
Com o fim de seu casamento, o publicitário Rafael Mantesso se viu num apartamento vazio, exceto pela presença de Jimmy Choo, um bull terrier branco com orelhas avermelhadas, e percebeu que estava cercado de um amor incondicional. Espantou a melancolia e redescobriu o prazer de desenhar, usando seu traço para transformar o parceiro inseparável em modelo para fotos bem-humoradas, cheias de referências pop e clicadas com estilo despojado e inconfundível. Nelas, Jimmy pode fazer qualquer coisa: pratica surfe, vira equilibrista, contracena com estrelas de cinema, transforma-se num perigoso tubarão e até no Super-Homem.

No Instagram, as imagens conquistaram milhares de fãs mundo afora, e em pouco tempo Rafael Mantesso e Jimmy Choo se transformaram em astros: foram matéria de capa no britânico The Times e o simpático bull terrier inspirou uma linha de produtos criados pela grife de acessórios Jimmy Choo.


PRIMATAS DA PARK AVENUE
Wednesday Martin, ed. Intrínseca
Onde comprar: Saraiva | Livraria Cultura | Amazon (edição Kindle)
Quando chegou ao Upper East Side com o marido e o filho pequeno, Wednesday Martin foi jogada em uma tribo exclusiva de mães megarricas e glamorosas. Em um mundo em que cumprimentos não são retribuídos, juntar as crianças para brincar é um esporte sangrento e até caminhar pela calçada é um exercício de dominação e submissão, ela sofreu um verdadeiro choque cultural e se viu isolada.

Wednesday fez na Park Avenue de hoje o mesmo que a antropóloga Jane Goodall com seus chimpanzés na Tanzânia: passou a observar os rituais de acasalamento, os ritos sagrados e as mães se comportando como babuínos na saída da escola. Também se aprofundou nas teorias de Margaret Mead para entender a migração sazonal, o culto ao corpo e o desejo avassalador dela própria em possuir uma bolsa que era puro fetiche.

No entanto, mesmo ao tentar manter distância e conservar o olhar crítico, Wednesday foi tragada por esse mundo; quis se integrar, ter amigas, ser aceita e ver seu filho acolhido. E também passou a se questionar, indagando até que ponto se deve ir para ser como os outros, para pertencer a um lugar. Mas foi no momento de maior fragilidade que ela se viu obrigada a aceitar a ajuda daquelas que a princípio a desprezaram. Só então se deu conta de que, em meio à tragédia, nem mesmo coberturas luxuosas e carrões com motorista podem mascarar o que une todas as mulheres: laços profundos de amizade.


O GAROTO
Sapphire, ed. Record
Onde comprar: Livraria da Travessa | Saraiva (e-book) | Amazon (edição Kindle)
Continuação de Preciosa, livro que deu origem ao filme ganhador do Oscar de melhor roteiro adaptado, O Garoto nos leva para dentro da vida de Abdul Jones. Com 9 anos, ele é deixado à própria sorte após o enterro da mãe. Ao se deparar com um mundo em que o amor e o ódio muitas vezes se confundem, ele se vê obrigado a enfrentar atos de violência indescritíveis, a própria história e os recantos mais sombrios de seu coração para seguir com unhas e dentes rumo à vida adulta, ao mesmo tempo que cria sua identidade.

Em uma saga que se desloca de uma fazenda no Mississippi até o Harlem; de um orfanato católico problemático a sobrados no centro de uma metrópole, o livro narra a luta de um jovem do século XXI para abrir caminho em direção ao futuro.


ME ABRACE MAIS FORTE – A HISTÓRIA DE TINY COOPER
David Levithan, ed. Galera Record
Onde comprar: Americanas | Submarino | Saraiva | Amazon (livro físico)
Uma novela musical do universo de Will & Will – um nome, um destino. Em Me Abrace Mais Forte, o personagem Tiny Cooper, um dos mais carismáticos da trama, disponibiliza o roteiro do musical que acompanha sua trajetória: do berçário até o ensino médio. Com participação especial do fantasma de Oscar Wilde, o roteiro revela os detalhes da vida amorosa de Tiny, seu relacionamento com seus vários ex-namorados, a amizade com a babá lésbica, a relação com os pais e o encontro com o amigo Will Grayson.


O AMANTE JAPONÊS
Isabel Allende, ed. Bertrand Brasil
Onde comprar: Fnac | Americanas | Submarino
Em 1939, ano da ocupação da Polônia pelos nazistas, Alma Mendel, de oito anos, é enviada pelos pais para viver em segurança com os tios em São Francisco. Lá, ela conhece Ichimei Fukuda, filho do jardineiro japonês da família. Despercebido por todos ao redor, um caso de amor começa a florescer. Depois do ataque a Pearl Harbor, no entanto, os dois são cruelmente separados.

Décadas depois, presentes e cartas misteriosos são descobertos trazendo à tona uma paixão secreta que perdurou por quase setenta anos. Varrendo através do tempo e abrangendo diferentes gerações e continentes, O Amante Japonês explora questões de identidade, abandono, redenção, e o impacto incognoscível do destino em nossas vidas.


BONEQUINHAS DE PAPEL PARA COLORIR, RECORTAR E BRINCAR
Afrocat, ed. Galerinha Record
Onde comprar: Submarino | Amazon (livro físico)
Baseado nas bonequinhas de papel para recortar e brincar que tanto encantaram crianças em tempos pré-Internet, este livro de colorir traz uma proposta original: além de colorir, a criança pode recortar e brincar com as bonequinhas.

Paper Doll Mate é uma série de bonecas de papel vintage, da empresa de design coreana Afrocat, querida por mulheres e crianças na Inglaterra, França, Espanha, Japão e muitos outros países. A obra tanto é uma coleção de ilustrações das Paper Doll Mates como um livro de colorir.


ANTÔNIO: O PRIMEIRO DIA DA MORTE DE UM HOMEM
Domingos Oliveira, ed. Record
Onde comprar: Livraria da Travessa | Saraiva | Amazon (livro físico)
Professor, roteirista, escritor frustrado, homem que já não é garoto, Antônio é um protagonista inesquecível, e nas páginas do romance faz o que todo personagem deveria fazer: vive. Ele ama, sofre com o término de um longo casamento, apaixona-se por Manuela e Nádia – vértices de um delicioso triângulo amoroso –, escreve, luta por reconhecimento, tudo isso observado pelo espectro do amigo Eduardo, recém-falecido, que não se furta a emitir opiniões e tentar interferir nas decisões de Antônio.

Um pungente romance sobre relacionamentos recheado de cenas antológicas de amor, dor, amizade e sexo, Antônio é um livro que se carrega muito da dramaturgia de Domingos, um livro que nasce clássico.


REVIVAL
Stephen King, ed. Suma de Letras
Onde comprar: Fnac | Saraiva | Amazon (livro físico)
Em uma cidadezinha na Nova Inglaterra, mais de meio século atrás, uma sombra recai sobre um menino que brinca com seus soldadinhos de plástico no quintal. Jamie Morton olha para o alto e vê a figura impressionante do novo pastor, o reverendo Charles Jacobs, que chega com a família para reacender a fé local. Todos ficam encantados pela família perfeita e os sermões contagiantes. Jamie e o reverendo passam a compartilhar um elo ainda mais forte, baseado em uma obsessão secreta. Até que uma desgraça atinge Jacobs e o faz ser banido da cidade.

Décadas depois, Jamie carrega seus próprios demônios. Integrante de uma banda que vive na estrada, ele leva uma vida nômade no mais puro estilo sexo, drogas e rock n’ roll, fugindo da própria tragédia familiar. Com trinta e poucos anos, viciado em heroína, perdido e desesperado, Jamie reencontra o antigo pastor. O elo que os unia se transforma em um pacto assustador, com sérias consequências para os dois, e Jamie percebe que “reviver” pode adquirir vários significados. Revival é uma história eletrizante de Stephen King sobre vício, fanatismo e o que existe do outro lado da vida.


VERDADE AO AMANHECER
Ernest Hemingway, ed. Bertrand Brasil
Onde comprar: Livraria da Folha | Livraria Cultura (e-book) | Amazon (livro físico)
Misturando ficção e autobiografia, Hemingway nos brinda com Verdade ao Amanhecer, um revelador autorretrato e crônica dramática de seu último safári na África. Escrito em 1953, quando voltava de uma temporada no Quênia, a obra tece uma história rica em humor e beleza.

Verdade ao Amanhecer começa no momento em que Pop, famoso caçador, entrega a Hemingway a responsabilidade pela área de caça onde está seu safári. O fato coincide com rumores de que o território poderá ser atacado por uma organização africana que se opõe ao poder colonial dos ingleses. Enquanto o ataque não vem, Mary, a esposa de Hemingway, empenha-se em caçar um leão pelo qual está obcecada.

Acrescentando ao seu dramático painel humano pinceladas de fino humor, Hemingway captura a excitação da caça aos grandes animais selvagens, assim como a incomparável beleza do cenário africano. O autor satiriza, entre outras coisas, o papel da religião organizada na África. Reflete também sobre o próprio ato de escrever e sobre o papel do autor no estabelecimento da verdade.


ANGOSTA – A CIDADE DO FUTURO
Héctor Abad, ed. Companhia das Letras
Onde comprar: Livraria da Folha | Livraria da Travessa | Amazon (livro físico)
O romance de Héctor Abad se passa em uma cidade da América Latina próxima à cordilheira dos Andes, onde uma grande muralha separa ricos e pobres. No setor da elite, a entrada de visitantes só é permitida depois de uma constrangedora passagem pela imigração, sendo interrogados sobre terrorismo, tráfico, explosivos, aids e distúrbios mentais.

A trama gira em torno do Gran Hotel la Comedia, antes sinônimo de luxo, e hoje o lar de pessoas à beira da pobreza. Jacobo, um amante dos livros que antes de ganhar uma herança fora obrigado a transformar a biblioteca da família em sebo, alterna seu tempo livre como jornalista, professor de inglês e cronista. Andrés é um jovem que se julga poeta, ofício que em sua opinião nem de longe pode ser considerado uma profissão, mas algo mais elevado, próprio dos espíritos luminosos.

À medida que as desigualdades sociais se tornam mais evidentes, aumenta a tensão entre os que tentam sobreviver e um pequeno grupo de privilegiados que deseja manter tudo como está. Ao flertar com a distopia e o hiper-realismo social, Héctor Abad cria uma fábula moderna como poucas vezes encontramos na literatura contemporânea. Não à toa, Angosta teve os direitos vendidos para o cinema.


GIGANTES
Pedro Henrique Neschling, ed. Paralela
Onde comprar: Amazon (livro físico) | Livraria da Folha
Tudo começa numa festa de formatura de ensino médio. Cinco amigos comemoram juntos o tão aguardado fim da vida escolar. Apesar de bem diferentes entre si, têm algo em comum: enxergam o futuro como um mar de possibilidades a ser descoberto e explorado. Sonham em ser gigantes, tão grandes quanto suas ambições.

Mas para nenhum deles o futuro será conforme o previsto. À medida que os anos passam, os jovens se deparam com as complexidades trazidas pelo chamado da vida adulta. Desilusões amorosas, questões familiares, conflitos na carreira, dúvidas e mais dúvidas… É inevitável: ao chegar perto dos trinta, todos nos tornamos um pouco mais desencantados e – por que não? – sábios. Mas, e os sonhos da juventude, onde vão parar?


A REALIDADE DEVIA SER PROIBIDA
Maria Clara Drummond, ed. Companhia das Letras
Onde comprar: Livraria da Folha | Amazon (livro físico)
Os dilemas e as pressões sociais de Eva podem se parecer com os de qualquer garota da elite. Para quem vê de fora, sua vida se dá entre o restaurante chique e a festa com DJ francês regada a MDMA. No entanto, tudo que é óbvio sobre Eva será desconstruído pela autora. Como o ator consciente da farsa encenada, a jovem colocará em evidência cada parte dessas engrenagens sociais.

Um olhar menos compassivo poderia encontrar apenas superficialidade, mas o que se tem é um retrato sincero de uma geração. Narrado em ritmo cinematográfico e com referências a séries como Girls, de Lena Dunham, A Realidade Devia Ser Proibida guarda um vislumbre de uma época tão difícil de definir.


A VIDA DOS ELFOS
Muriel Barbery, ed. Companhia das Letras
Onde comprar: Livraria da Folha | Livraria da Travessa | Amazon (livro físico)
Maria e Clara são jovens órfãs unidas por dons secretos. A chegada de Maria a uma granja na Borgonha traz prosperidade à terra, o que leva todos a acreditarem que a menina conversa com a natureza. Enquanto isso, Clara cresce numa aldeia perdida nos Abruzos, no sul da Itália, aprende italiano “na velocidade do milagre” e, depois de se revelar um prodígio no piano, é enviada a Roma para desenvolver sua veia musical.

As duas garotas, cada uma à sua maneira, se comunicam com um mundo misterioso que garante à vida dos homens sua profundidade e beleza, mas ao mesmo tempo oferece uma ameaça grave contra nossa espécie. As sombras da guerra e do mal avançam, e só Maria e Clara poderão combatê-las, reinstaurando a paz. Mas elas ainda não compreendem os muitos enigmas que as envolvem. De onde vêm? O que as conecta?

A Vida dos Elfos, que terá sequência num segundo volume, busca resgatar a magia poética e natural das coisas, perdida com o desencantamento do mundo moderno. Numa linguagem atemporal, que não permite ao leitor situar a época em que se passa a história, a autora de A Elegância do Ouriço tece um romance original de atmosfera inesquecível, um passeio fabular por jardins encantados e palavras de sonoridade mágica. Ao se aventurar pela fantasia, Barbery faz um elogio à arte e à natureza, as órfãs da contemporaneidade.


PRIMEIRO AMOR
Ivan Turguêniev, ed. Penguin-Companhia das Letras
Onde comprar: Livraria da Folha | Saraiva | Amazon (livro físico)
Em um passeio por sua casa de veraneio nos arredores de Moscou, o garoto Vladímir Petróvitch, filho único de uma família tradicional, vê uma moça exuberante brincando nos fundos da propriedade. Trata-se de Zinaida, filha de sua vizinha, por quem se apaixonará de forma avassaladora.

À medida que eles se aproximam, fica claro quem está no controle da situação. Disposto a tudo para ser correspondido, Vladímir terá de aprender rapidamente o intrincado jogo da sedução, em que as regras são tão aleatórias quanto obscuras.

Admirado por Henry James e Gustave Flaubert, Ivan Turguêniev foi o primeiro autor russo a ser traduzido na Europa, reconhecido, ainda em vida, como um dos grandes escritores de sua época.


EU SOU A LENDA
Richard Matheson, ed. Aleph
Onde comprar: Shoptime | Saraiva | Amazon (livro físico)
Uma impiedosa praga assola o mundo, transformando cada homem, mulher e criança do planeta em algo digno dos pesadelos mais sombrios. Nesse cenário pós-apocalíptico, tomado por criaturas da noite sedentas de sangue, Robert Neville pode ser o último homem na Terra. Ele passa seus dias em busca de comida e suprimentos, lutando para manter-se vivo – e são.

Mas os infectados espreitam pelas sombras, observando até o menor de seus movimentos, à espera de qualquer passo em falso... Eu Sou a Lenda, é considerado um dos maiores clássicos do horror e da ficção científica, tendo sido adaptado para o cinema três vezes.


DE VOLTA PARA O FUTURO – OS BASTIDORES DA TRILOGIA
Caseen Gaines, ed. Darkside Books
Onde comprar: Fnac | Submarino | Amazon (livro físico)
Comemorando o 30º aniversário da saga que reinventou a ficção científica, o livro de Caseen Gaines é o documento mais completo sobre a trilogia De Volta Para o Futuro, além de ser uma verdadeira aula sobre cinema. Para conseguir reunir informações exclusivas, muitas desconhecidas até do mais apaixonado dos fãs, o autor levou vinte meses de pesquisa e conduziu mais de quinhentas horas de entrevistas com equipe técnica, elenco e fãs.

O diretor Robert Zemeckis, o produtor e corroteirista, Bob Gale, o insubstituível Christopher Lloyd (Dr. Emmet Brown) e até mesmo Huey Lewis, autor de “Power of Love”, canção-tema do filme de estreia, relembram como a saga ganhou vida. Críticos de cinema, documentaristas e fãs dedicados também ajudaram a enriquecer o conteúdo do livro.


DRÁCULA – EDIÇÃO COMENTADA
Bram Stoker, ed. Zahar
Onde comprar: Livraria da Travessa | Livraria da Folha | Amazon (livro físico)
Fonte de inúmeras adaptações para telas e palco, inspiração para músicos, escritores e artistas de todas as áreas, Drácula é um ícone incontestável e obra-máxima de Bram Stoker. De um lado o conde Drácula – o mais famoso vampiro da literatura – e sua legião crescente de mortos-vivos. De outro, um grupo unido e decidido a caçá-lo: Jonathan e Mina Harker, o médico holandês Van Helsing e seus amigos. Romance epistolar ágil e bem-construído, o livro enredará o leitor numa dramática corrida contra o tempo.

Essa edição traz o texto integral de Bram Stoker, centenas de notas, apresentação e cronologia de vida e obra do autor. A versão impressa apresenta capa dura e acabamento de luxo.


O PASSAGEIRO SECRETO
Joseph Conrad, ed. Cosac Naify
Onde comprar: Livraria da Travessa | Amazon (livro físico)
Um capitão resgata em seu navio um estranho náufrago, com quem estabelece misteriosa cumplicidade. Ao mesmo tempo novela psicológica, thriller e aventura, O Passageiro Secreto é uma pequena obra-prima, finamente elaborada por um dos mestres da narrativa moderna.

As ilustrações de Adrianne Gallinari ajudam a contar a história, revelando-se no folhear do livro, entre as páginas.


***************

Curtiram os lançamentos? Quais deles estão na wishlist – ou já na estante – de vocês?

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

5 COMENTÁRIOS

  1. Sob o Céu do Nunca e Revival estão na minha mira!
    Rs

    Beijos!
    Fabi Carvalhais
    pausaparapitacos.blogspot.com.br - @pausaparapitacos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos livros bons, né! Faz uma era que não leio nada do Stephen King, mas quero. Aliás, ainda gostaria de ler todos os livros do autor. Beijo!

      Excluir
  2. Oi Aline!! Quero muito ler Maré viva e Revival!! E essa edição de Drácula da Zahar está lindíssimaa!! Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maré Viva parece muito interessante. E as edições da Zahar são sempre especiais, né! Beijinhos.

      Excluir
  3. Oi Aline!! Quero muito ler Maré viva e Revival!! E essa edição de Drácula da Zahar está lindíssimaa!! Beijo!

    ResponderExcluir

Me segue no Instagram!

Parceiros