A Máquina de Contar Histórias [Maurício Gomyde] | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Leituras de outubro: 4 ótimos livros (ou quase!)  Resenha da HQ: A Diferença Invisível, de Julie Dachez e Mademoiselle Caroline  Resenha: As Primeiras Quinze Vidas de Harry August
Leituras de abril

A Máquina de Contar Histórias [Maurício Gomyde]

Literatura brasileira 27 de novembro de 2014 Aline T.K.M. 2 COMENTÁRIOS


Queridinho da blogosfera literária, Maurício Gomyde já havia publicado quatro livros de maneira independente. A Máquina de Contar Histórias é seu primeiro livro pelo selo Novas Páginas, da editora Novo Conceito.

Sempre ocupado e viajando para cumprir agenda de eventos, o escritor de sucesso internacional Vinícius Becker não está junto da mulher quando acontece o tristemente previsto: Viviane morre após alguns anos de luta contra uma leucemia. Além da dor da perda, Vinícius se vê diante da mágoa da filha mais velha, Valentina, uma adolescente de dezesseis anos que não perdoa o pai pela ausência no momento que a família e a esposa mais precisaram dele.

Ferido pelo sentimento de culpa, Vinícius quer o perdão da filha. Mas não é só isso. Quer uma reconciliação com as duas filhas e voltar a ser com elas uma família de verdade.

Quem já leu Maurício Gomyde sabe que do que vou falar a seguir. A prosa deliciosa, inconfundível do autor, faz de A Máquina de Contar Histórias um livro que pode facilmente ser lido em apenas algumas horas, tamanha a fluidez da narrativa e o envolvimento que a trama gera no leitor. Os personagens são muito humanos, muito reais, e encontram o habitat perfeito nessa história marcada pela leveza, ainda que com um tom essencialmente dramático e sentimental.

Sentimento, aliás, é o que não falta aqui, como bem sabe quem conhece o trabalho de Gomyde. Do desespero à nostalgia, da angústia ao arrependimento; os personagens desse livro derramam muitas lágrimas – talvez um sinal de que a um leitor mais sensível pode acontecer o mesmo. Apesar de evocar um ou outro elemento presente nas tramas do americano Nicholas Sparks – e alguns podem realmente encontrar grandes semelhanças –, não coloquemos os grãos todos no mesmo saco. As tramas do brasileiro ganham em sensibilidade e delicadeza, e não precisam usar de dramalhão apelativo e pouco convincente para umedecer os olhos do leitor. Sem lançar mão de gratuidades dramáticas, A Máquina de Contar Histórias é um livro delicado, bonito e de uma simplicidade reconfortante.

Ah, e para quem curte histórias que envolvem viagens, o livro também agrada nesse aspecto. Como forma de se reaproximar das filhas, o protagonista as leva para uma viagem cujos destinos as garotas vão descobrindo junto com o leitor. E tampouco falta literatura aqui: é o amor pelos livros e palavras que, de um jeito bonito e especial, marcará o renascimento da relação de Vinícius com a filha mais velha.

Em suma, A Máquina de Contar Histórias é aquele livro recheado de pequenas surpresas. Um pai que busca o perdão das filhas e de si mesmo; um drama familiar sobre arrependimento e o poder do amor. E, sobretudo, uma história que mostra que nunca é tarde para correr atrás daquilo que realmente importa.

LEIA PORQUE...
É uma boa pedida para quem curte histórias com tom dramático, mas sem ser densas ou difíceis de digerir. A Máquina de Contar Histórias é um livro leve, gostoso de ler, e cheio de sentimento.

DA EXPERIÊNCIA...
Gostosinho de ler. Triste, mas doce e singelo.

FEZ PENSAR EM...
O sentimento do livro me remeteu ao fofo A Última Música – o filme, né, pelamordedeus; detesto Sparks.

QUANTO VALE?

Título: A máquina de contar histórias
Autor(a): Maurício Gomyde
Editora: Novo Conceito – selo Novas Páginas
Edição: 2014
Ano da obra: 2014
Páginas: 192
Onde comprar: Submarino | Fnac | Saraiva | Saraiva (eBook) | Livraria Cultura (eBook) | Amazon (livro físico) | Amazon (edição Kindle)

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

2 COMENTÁRIOS

  1. Parece ser interessante...

    Boa sorte no sorteio do meu blog!

    Já estou seguindo aqui...

    gothicowl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Deve ser mesmo lindo, estou com muita vontade de lê-lo.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros