5 motivos para ler Haruki Murakami | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Resenha: Sopa de Lágrimas, de Gilbert Hernandez  3 hábitos musicais de hoje e da minha adolescência  My Little Pony – O Filme: 4 motivos para assistir
Leituras de abril

5 motivos para ler Haruki Murakami

5 motivos para ler 16 de abril de 2014 Aline T.K.M. 13 COMENTÁRIOS


Filho do pós-guerra, Haruki Murakami nasceu em 12 de janeiro de 1949, em Kyoto, Japão. Cresceu em Kobe e, mais adiante, concluiu seus estudos universitários em artes dramáticas na Universidade de Waseda. Após a faculdade, Murakami abriu um pequeno bar de jazz em Tóquio – o Peter Cat – e o manteve durante sete anos.

A inspiração para começar a escrever seu primeiro livro surgiu de repente, enquanto assistia a um jogo de baseball entre os Yakult Swallows e o Hiroshima Carp. Naquela mesma noite ele começou a escrever.

Após um tempo na Europa, Murakami morou nos EUA por alguns anos com sua esposa, e lá foi professor na Universidade de Princeton. Também ensinou na William Howard Taft University.

Já no campo da escrita, o escritor tem como influências literárias os americanos Raymond Chandler, Kurt Vonnegut e Richard Brautigan.

Cinco motivos para ler um dos autores mais importantes da literatura japonesa atual? Confere aí:

Fan art de 1Q84 (peguei daqui)
1. Popular e bastante admirado pelos jovens, Haruki Murakami também caiu no gosto da crítica. O escritor coleciona prêmios, entre os quais o Prêmio Literário Yomiuri, concedido a importantes nomes da literatura japonesa. Ganhou o Prêmio Franz Kafka e o Frank O’Connor International Short Story Award, entre outros. Murakami também já concorreu algumas vezes ao Prêmio Nobel de Literatura, porém não saiu vencedor – ainda.

2. A prosa de Murakami conquista. Impossível não se deixar envolver por suas trama e personagens. Além das referências pop e algo de filosofia, a presença do surreal é uma constante em seus livros. O autor mistura elementos fantásticos aos eventos mundanos, fazendo com que se crie mistérios e caraminholas na mente de seus protagonistas – e na do leitor também!

3. O escritor japonês é fã de jazz e é adepto da corrida como esporte – ele até corre maratonas.

4. Com fortes influências ocidentais, Haruki Murakami traduziu para o japonês diversas obras de autores americanos, como F. Scott Fitzgerald, John Irving, Raymond Carver, Raymond Chandler, e outros.

5. Suas histórias possuem alguns elementos em comum, como música clássica e gatos. A existência de mundos paralelos e até certa fixação por orelhas também são aspectos que encontramos nas tramas.

PRINCIPAIS OBRAS:
Norwegian Wood (1987)
Dance Dance Dance (1988)
Minha Querida Sputnik (1999)
Kafka à beira-mar (2002)
Após o anoitecer (2004)
Do que eu falo quando eu falo de corrida (2007)
1Q84 (2009-2011)

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

13 COMENTÁRIOS

  1. Não conhecia nada sobre o autor mas adorei saber mais curiosidades sobre ele e seu trabalho. Gostei bastante dessa existência de elementos comuns em todas as as histórias. Muuito legal ;)

    Beijo
    Mari | Sem Querer me Intrometer

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o autor, mas gostei bastante de conhecer. Curto Jazz, teve uma infância complicada, certamente seus livros devem ser cheios de sensibilidade e emoção.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Excelente. Murakami é um autor que merece ser experimentado. Já tive o prazer de ler dois de seus livros, Minha querida sputnik e Do que eu falo quando eu falo de corrida, este último um conjunto de ensaios. Agora, estou ansioso pela famosa trilogia 1Q84.

    Abraços
    Juan - sempre-lendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só li a trilogia e Minha Querida Sputnik, mas desejar os demais livros dele é uma constante na minha vida haha. São tão caros...

      Excluir
  4. Eu nunca li nada desse autor, pq eu mesma não conhecia.
    A mente privilegiada que esse povo do Japão tem, só pode sair coisas boas.
    Vou dar uma procurada em alguns livros que vc citou.
    Seguindo o blog flor. :)
    Nova Parceria #03 - Angeline Sophie.
    Confere lá!
    http://manuscritodecabeceira.blogspot.com.br
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lauri, vale a pena conhecer a escrita do autor. A prosa dele conquista logo nas primeiras páginas. Beijoka.

      Excluir
  5. meu irmão comprou o primeiro livro da trilogia dele, e to ponderando arriscar, pois não gosto de séries, e já tenho tantos livros diferentes p/ ler.
    mas vc ter recomendado é um ponto a favor de eu dar uma chance, um dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Epa, se você tem a trilogia aí na sua casa, tá esperando o quê para começar a ler?!?!! =O Sério, vale a pena.

      Excluir
    2. meu irmão comprou só o primeiro hahahaha
      então não dá pra eu começar, só quando ele tiver os 3 aí sim!

      já leu Cocteau né? tava vendo doc sobre ele na tv a cabo, lembrei d vc.

      Excluir
  6. Oi, td bom?
    Estou namorando Kafka à Beira-Mar na livraria e Norwegian Wood também está na lista hehe

    Beijos!
    Arrastando as Alpargatas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii, também estou desejando DEMAIS esses dois livros. Muito, muito. =)

      Excluir
  7. Adorei as dicas! Tenho curiosidade em ler a trilogia 1Q84. :)

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, Francine, vale a pena; a prosa dele é deliciosa.

      Excluir

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros