Chez le Libraire : L’élégance du hérisson, de Muriel Barbery | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Leituras mais recentes – parte 1: thrillers e Meus 15 Anos  3 motivos para ver Descendentes 2, o novo filme do Disney Channel  Resenha: Civilizações – A Fonte: dois mundos, uma jornada, de Wallace Horta
Leituras de abril

Chez le Libraire : L’élégance du hérisson, de Muriel Barbery

À la française 4 de setembro de 2013 Aline T.K.M. 16 COMENTÁRIOS


Um livro que ocupa uma das primeiras posições da minha lista de desejados há um bom tempo: A Elegância do Ouriço, da francesa Muriel Barbery. Também, a adaptação cinematográfica, intitulada O Porco-espinho, dirigida por Mona Achache (2009), está marcada com um “preciso ver, urgente!” num post-it mental dos tantos que carrego.

Para quem não conhece o livro, a história se passa em um prédio de gente endinheirada, lugar habitado por Renée, a zeladora ranzinza que esconde um lado erudito (talvez até mais erudito que o povo rico ao seu redor); e Paloma, uma garota que busca algum sentido na vida e que decide se suicidar quando completar treze anos. Um senhor japonês, então, se muda para o prédio e acaba por cruzar o caminho das duas...

O livro é bem popular no Skoob e acredito que muitos de vocês que por acaso estão passando por aqui já o terão lido, mas... a sugestão de hoje é ler em francês. A começar pelo título, charmosíssimo na língua original, L’élégance du hérisson.

L’ÉLÉGANCE DU HÉRISSON, de Muriel Barbery, Gallimard (Collection Folio nº 4439)
RÉSUMÉ : «Je m'appelle Renée, j'ai cinquante-quatre ans et je suis la concierge du 7 rue de Grenelle, un immeuble bourgeois. Je suis veuve, petite, laide, grassouillette, j'ai des oignons aux pieds et, à en croire certains matins auto-incommodants, une haleine de mammouth. Mais surtout, je suis si conforme à l'image que l'on se fait des concierges qu'il ne viendrait à l'idée de personne que je suis plus lettrée que tous ces riches suffisants.

Je m'appelle Paloma, j'ai douze ans, j'habite au 7 rue de Grenelle dans un appartement de riches. Mais depuis très longtemps, je sais que la destination finale, c'est le bocal à poissons, la vacuité et l'ineptie de l'existence adulte. Comment est-ce que je le sais ? Il se trouve que je suis très intelligente. Exceptionnellement intelligente, même. C'est pour ça que j'ai pris ma décision : à la fin de cette année scolaire, le jour de mes treize ans, je me suiciderai.»

NO BRASIL... A Elegância do Ouriço, de Muriel Barbery, Companhia das Letras.

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

16 COMENTÁRIOS

  1. Oi Aline, confesso que não conhecia o livro, fiquei até sem graça, rs! Mas parece ser bem interessante... Não sei ler em francês, então vou anotar o título e quando puder farei a leitura em português mesmo!

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que isso, que sem graça que nada! =P Sim, procura em português que tem sim e nem é difícil de achar. Eu tô querendo as duas edições, em português e em francês (mesmo que a minha fila de leitura ande mais abarrotada que nunca haha).

      Excluir
    2. A tradução da Companhia das Letras ta bem ruinzinha mas nada q comprometa a história. Li esse livro pro Clube de leitura aqui em Campinas e acabei comprando por vaidade a versão em francês ainda que eu seja so uma iniciante. Tem o audio livro e os livros em português e em francês de graça na internet...Boas leituras!

      Excluir
    3. Olha, valeu por me alertar sobre a tradução; realmente não sabia disso, não me lembro de ter ouvido algum comentário negativo a respeito disso. É um livro que quero ler nos dois idiomas, mas acho que minha prioridade será ler em francês, já que há essa questão da tradução.
      Ah, não se preocupa muito, não. Ainda que seja iniciante, ler em francês não é difícil. Não sei o nível de complexidade do livro, mas logo você pega o ritmo, começando com leituras mais simples e assim progressivamente.

      Excluir
  2. Uma amiga da faculdade falou-me desse livro e disse ser muito bom!
    Espero ler um dia!
    Beijos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Oi Aline,
    Ja peguei esse livro na Cultura algumas vezes e não comprei.

    Comprei dois livros do Martin Page por indicação sua. Estou lendo La Delicatesse e estou amando.

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leninha! Sério que comprou 2 do Martin Page? Volta para me dizer quais! La Délicatesse, do Foenkinos, é um livro adorável; ah, e não esquece de ver o filme depois, você vai amar, tenho certeza. Um beijão!

      Excluir
    2. Comprei o Comment je suis devenu stupide e La libellule de ses huit ans.

      Vou ver o filme sim, pois minha apresentação oral no francês esse semestre vai ser a comparação entre o filme e o livro.

      A proxima leitura vai ser o livro que a Luara leu da Amélie Nothomb que ja comprei. Quero acompanhar os vídeos dela lendo os livros tb!

      Os posts antigos do blog estão acabando com meu cartão. Vou comprar o L'Écume des jours e acrescentei vários livros na wish list.

      bjos

      Excluir
    3. Ótima compra =P ainda quero ler o La libellule em francês (só li em português). É apaixonante.
      Sempre que vou na Livraria Cultura fico olhando e querendo levar algum livro da Amélie Nothomb. Está anotada na minha lista de futuras compras. Ah, o L'écume des jours eu finalmente comprei, só que em português mesmo. Adorei a capa dos periquitos hahaha. Um beijo!

      Excluir
  4. Comprei o livro em português e o em francês e, pra variar, tá aqui na pilha de coisas entre faculdade, pós graduação, pesquisa científica e coisas legais hahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tha! Sério que você comprou os dois?! Lembro que o Luciano estava lendo em francês no fim do primeiro semestre. Ainda vou comprar os dois, nem que seja para deixá-los descansando um pouco na pilha haha, o que com certeza vai acontecer.

      Excluir
  5. A história parece interessante, mas daí a ler em francês já não é comigo rsrs Mal consigo ler em inglês hahahaha
    Mas sério, gostei da premissa. Se vc resenhá-lo, gostaria de ler a opinião.

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kel, procura em português porque esse livro tem cara de ser MUITO bom (olha eu indicando coisa que eu nem li, né). Mas pretendo ler num futuro não muito longínquo, e com certeza resenharei. =)

      Excluir
  6. Acho muito válida você divulgar livros em francês, já que tem muitos em inglês né?!! Um dia eu quero aprender a língua e vou voltar para fazer colo dos seus posts. kkkkkkkkkk Não conhecia o liro, mas está anotado a dica em português.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha quando estudar francês, já sabe, né! Pois é, eu também gosto de ler em inglês, mas confesso que prefiro - infinitamente - ler em francês. Embora este livro eu queira comprar em francês e em português, não necessariamente ao mesmo tempo, mas enfim... Um beijo!

      Excluir
  7. Vou ler esse livro esse mês!
    (depois de um tempão com ele na lista de desejados!)
    mas vou ler em português mesmo, ainda não comecei meu curso de francês XD

    ResponderExcluir

Siga @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros