Transgressão [Pat Barker] | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Filme: Um Tio Quase Perfeito  Livros recebidos em abril  Resenha + Sorteio: Quer que eu desenhe? (vol.2)
Leituras de abril

Transgressão [Pat Barker]

Ediouro 29 de junho de 2011 Aline T.K.M. 6 COMENTÁRIOS

Tom Seymour é um psicólogo infantil que trabalha no norte da Inglaterra há muitos anos. Um dia, ao caminhas às margens de um rio próximo à sua casa, salva um jovem que se afogava, e se dá conta de que trata-se de Danny Miller. Quando criança, Danny cometera um assassinato, e Tom testemunhara em seu julgamento – um testemunho que, desde então, começara a considerar falho. Danny cumpriu sua sentença e está fora da prisão. Agora pede ajuda a Tom. Mas quando este é relutantemente tragado de volta para dentro do mundo perturbador de Danny, começa a questionar as motivações dele – e as suas próprias.

Transgressão foi um livro que me manteve curiosa do início ao fim, e o tema foi o principal responsável por isso. Aliás, a curiosidade começa já na sinopse, já que uma criança que comete assassinato é, por si só, algo um tanto perturbador e instigante. O enredo percorre um caminho mais psicológico, assim que o texto possui um detalhamento bem interessante, como nuances de comportamento e todo o gestual dos personagens.

A leitura é bastante fluida e os personagens muito bem construídos, o que é essencial em um livro com temática psicológica. Danny é uma figura singular, fechado e misterioso, e ao mesmo tempo capaz de atrair e conquistar quem estiver ao seu redor. O desenrolar dos acontecimentos de sua infância coloca o leitor dentro do seu mundo, assistindo a tudo através de lentes potentes. Da mesma forma, Tom é trazido ao mundo de Danny através das memórias do jovem, e confronta-se com seu próprio julgamento a respeito do crime e da pessoa que tem diante de si. E fica muito claro que Tom precisa remexer nessa história e compreendê-la tanto quanto o próprio Danny; o psicólogo, que vê sua vida encher-se de vazio devido ao final de um casamento que já não funcionava, agarra-se de forma intensa ao caso de Danny e a seu pedido de ajuda.

Embora o livro não esteja entre os meus favoritos, suas 240 páginas foram muito capazes de manter interesse e curiosidade constantes, além da ânsia de ver desvendado o passado de Danny. Se você aprecia temas com aspecto psicológico, Transgressão é uma boa pedida!

Título: Transgressão
Título original: Border Crossing
Autor(a): Pat Barker
Editora: Ediouro
Edição: 2002
Ano da obra: 2002

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

6 COMENTÁRIOS

  1. Acho bem legal esse tema, e é dificil o autor que consegue deixar o livro bom de er, fluindo, e não chato!
    Achei ótima sua resenha, uma análise bem completa!
    Beijos querida
    Bruna
    www.desbravandohistorias.com.br

    ResponderExcluir
  2. eu não conhecia o livro, mas achei bem interessante e fiquei curiosa com o rumo que a história dá.
    pretendo ler. ^^

    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Ei ALine,

    Achei interessante a história, mas como foge muito do estilo que costumo ler não sei se vou gostar.

    P.S: Sobre Quarto é uma leitura única, mas não tem muito da cultura de lugar nenhum, já que eles estão presos no quarto e não vêem o mundo lá fora.

    Vc gosta de Nora? ela sempre descreve paisagens lindas nos seus livros que se passam na Irlanda.

    bjos
    Nanda

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline!
    Nunca tinha ouvido falar no livro, mas certamente vou procurar pra ler. A trama me deixou curiosa e adoro livros de mistério :D
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Caramba, seu blog é realmente brilhante. O encontrei em algum blog que não me recordo no momento. Já li bastante coisa e pelo que ando percebendo, acho que vou estar sempre por aqui.
    Vou procurar esse livro em algumas livrarias por aqui e procurar saber ainda mais. Sua opinião pessoal insentiva bastante.

    Fernanda Mathièu.
    http://literaturacafeinada.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Eu não costumo ler muito livros desse estilo.
    Mas eu acho super interessante, e uma boa pedida de vez em quando.. =D
    Gostei da resenha, me deixou curiosa..

    beeeeijoo, Nayanne =*
    http://www.bookaholicworld.com/

    ResponderExcluir

Segue @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros