Os Desejos da Bela Adormecida – vol. I [Anne Rice] | Livro Lab
Últimos vídeos    |  Se inscreva no canal
Filme: Um Tio Quase Perfeito  Livros recebidos em abril  Resenha + Sorteio: Quer que eu desenhe? (vol.2)
Leituras de abril

Os Desejos da Bela Adormecida – vol. I [Anne Rice]

A. N. Roquelaure 31 de março de 2013 Aline T.K.M. 15 COMENTÁRIOS


Primeiro volume da trilogia erótica, publicado originalmente no início da década de 80 e sob o pseudônimo A. N. Roquelaure, Os Desejos da Bela Adormecida não é exatamente uma releitura do famoso conto de fadas. Anne Rice começa pouco antes do clássico “felizes para sempre”, onde Bela é despertada com um beijo de seu príncipe. Ao invés do beijo, porém, a iniciação sexual. A recompensa por quebrar o encantamento dos cem anos de sono no reino é a escravidão da princesa. Levada ao reino do príncipe, Bela é submetida a sessões masoquistas cuja mistura de dor e prazer causa confusão de sentimentos para a jovem princesa. Mas ela não está sozinha, outras tantas princesas e príncipes mimados são escravos como ela, grande parte deles enviados como tributo pelos respectivos reinos. Esses jovens esculturalmente belos são usados e torturados de maneira privada ou exibicionista, em pequenos espetáculos para o bel prazer e entretenimento do reino.

Como o próprio título sugere, os desejos da princesa exercem papel de destaque. A ruptura repentina da inocência através da introdução – bruta e forçada – ao sexo mexe com Bela. Ao lado do terror, encontram-se o prazer e um desejo quase incontrolável, sensações novas para a garota. Sem poder saciar completamente seu desejo, ela deve viver para servir seu príncipe em total submissão enquanto recebe um rigoroso treinamento.

A narrativa não economiza nas passagens eróticas, embora até que poderia. São tantas que acabam por se tornar repetitivas. Denominá-las apenas eróticas não seria suficiente: o livro, com conteúdo essencialmente BDSM*, é uma chuva de sadomasoquismo sem fim. Interessante, se não fossem – de novo – as repetições à exaustão. A junção do liberal e do conservador se dá a partir do fato de que os escravos estão disponíveis para todo tipo de prática com todo o reino (sem exclusão de gênero) e, ainda assim, têm um “dono”, um mestre, e não deixam de ser escravos.
*BDSM: sigla para Bondage e Disciplina, Dominação e Submissão, Sadismo e Masoquismo.

Apesar de não apresentar um enredo de todo vazio, não se pode comparar o livro às riquíssimas Crônicas Vampirescas pelas quais Rice é mais conhecida (até porque são muito diferentes). Aqui, até existe um enredo, ainda que fraco. A paixãozinha entre Bela e o príncipe Alexi, escravo como ela, dão um pouco de cor à trama.

LEIA PORQUE...
O texto não é ruim nem mal escrito, e o enredo é relativamente interessante por despir de qualquer pudor o tão conhecido conto de fadas. Para os mais chegados a temas eróticos, creio ser uma boa pedida. Depois, corram para ler algo das Crônicas Vampirescas para conhecer, verdadeiramente, a escrita da autora.
É interessante saber – até para conhecer o contexto da coisa toda – que a trilogia foi publicada pela primeira vez no início dos anos 80, época em que a pornografia era acusada por muitas feministas de violar os direitos das mulheres. Mas, ao contrário, Anne Rice era da opinião de que as mulheres deveriam ser livres para ler e escrever o que quisessem.

DA EXPERIÊNCIA...
Apenas interessante. Não causou fortes emoções.

FEZ PENSAR EM...
Como eu prefiro bem mais as outras obras de Anne Rice. E em como todo conto de fadas tem uma face safada, mesmo que velada.

Título: Os Desejos da Bela Adormecida – vol. I
Título original: The Claiming of Sleeping Beauty
Autor(a): Anne Rice (como A. N. Roquelaure)
Editora: Rocco
Edição: 2012
Ano da obra: 1983
Páginas: 352

Aline T.K.M.
Criou o Livro Lab há 7 anos e blogar é uma das coisas que mais ama fazer, além do teatro, da dança e dos mais variados tipos de expressões artísticas. Tem paixão por viajar e conhecer outras culturas. Ah, e ama ler em francês!

 

Você também vai  

15 COMENTÁRIOS

  1. Então, eu já vi as meninas do Psycobooks falando deste livro e elas também não acharam a última maravilha da literatura não, da Anne Rice eu só li A Rainha dos Condenados e gostei bastante, ainda pretendo ler outros, principalmente a série de A Hora das Bruxas.

    Vanessa - Blog do Balaio
    http://migre.me/dVC0Q

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, o livro não é lá essas coisas, ainda mais se você já tem como referência os outros livros da Anne Rice, na minha opinião, excelentes.
      Ainda não li A Rainha dos Condenados (já vi o filme, mas achei fraquinho) e preciso ler o "clássico" Entrevista com o Vampiro. Li um ou outro das crônicas vampirescas, e um fora das séries, mas ainda quero ler tudo (tirando a fase cristã) da autora.

      Excluir
  2. Eu ainda nao li nada da Anne Rice, mas tenho um mooonte de livros dela aqui, inclusive essa trilogia com essa capa escrachada dessa flor que não parece nada com uma flor rsrsrs

    Um dia quero ler, mas já sei que o negócio é meio chulo...

    Adorei a resenha!

    Bjos
    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha achei hilário seu comentário! Mas é, essa flor é "tudo", menos uma flor...
      Olha, não diria que é chulo haha, mas com certeza não chega aos pés dos outros títulos da autora, estes sim, formidáveis. Se você tem um montão de livros dela aí na sua estante, leiaaa!! Mas comece pelos mais famosinhos! Bjoka!

      Excluir
  3. Eu leria esse livro sem grande expectativas pois é o tipo de romance que não curto muito, sem um romance ou uma estória de fundo. O sexo aparece até mais dos que os personagens ou o resto. Não sei, leria, mas só se ganhasse o livro.

    Bjs, @dnisin
    http://www.seja-cult.com/

    ResponderExcluir
  4. Oiee Aline, tudo bem?

    Não li nada de Anne Rice, acredita?Apesar de ter muita vontade de ler, não sei se esse livro exatamente faria o meu estilo. Não gosto desses romances eróticos, acho quase todos muito forçados, sem necessidade. E pelo jeito esse não é muito diferente, né? =(

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, não tem muita alternativa, os romances eróticos apelam mesmo e o enredo fica deixado de lado. Mas sabe que este da Anne Rice parece ser melhorzinho que os outros que viraram febre. Sei que não li os outros e nem li ainda toda esta trilogia, mas apesar do enredo bem mais fraco do que a autora geralmente escreve, ainda há uma história com certa consistência permeando o todo. Coisa que eu imagino que deve faltar em outros eróticos por aí - claro, falando com base nas resenhas que li.

      Excluir
  5. Oiee Linda, tudo bem com você ?
    Gostaria de agradecer sua visitinha em meu blog e dizer que fiquei feliz que tenha gostado dos meus livros da caixa de correio. Espero que possa voltar mais vezes, pois ainda vem muita novidade por ai (Risos)
    Outra coisa, eu vou te linkar em meu blog, se você fizer o mesmo ficarei mais grata do que já to e tambem te seguirei...Me siga também, pois visitinha minha não vai te faltar. Espero que possamos também ser muito amigas. Abraços e muito obrigada viu ??

    lovereadmybooks.blogspot.com.br
    Quem me linkar e seguir farei o mesmo pelo Blog =]

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li nada de Anne Rice, pelo tema "vampiros" não me agradar. Quanto a essa trilogia parece muito interessante, gosto de releituras dos clássicos pois geralmente chocam, e essa.... Deve ser ótimo! HAHAHA.

    Abs

    http://tediosoc.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eii Amanto, tudo bom?! Sei que os vampiros estiveram bem saturados nos últimos anos, mas se um dia você tiver curiosidade, sugiro que tente ler ao menos um livro da Anne Rice. Os vampiros dela são, de fato, vampiros. Sem dúvida os melhores livros de vampiros que já li. A mulher manda bem de verdade.
      Esta trilogia é peculiar hahaha, se você curte esses livros eróticos, este pode ser interessante por desconstruir aquela imagem imaculada de "princesa Disney" hahaha.

      Excluir
  7. Oi Aline,
    Nossa, não fazia ideia que esse livro era tão antigo. Vi nas livrarias no ano passado, achei que era algo mais recente.
    Imagino que pra época em que ele foi publicado causou um impacto em tanto. Os eróticos só começaram a explodir editorialmente mais recentemente rs
    O único livro que li da Rice foi Entrevista com o vampiro e gostei muito. A narrativa da autora é muito rica. Ainda assim não me interessei muito por esse. Até leio romances eróticos de vez em quando, não tenho nada contra, só que o enredo desse (meio chocante, na verdade haha) não me agradou e imagino que eu não curtiria muito. Mesmo sendo da Rice rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né, há um tempo eu também não sabia que o negócio era de faz tempo. Ela foi corajosa, mas também estava sob pseudônimo na época da publicação.
      Sabe, ainda não li Entrevista com o Vampiro, mas quero muito. Só que ainda acho os livros da Rice bem carinhos, então não dá p/ ficar comprando vários, e também estou com uma fila de leitura bem extensa, tenho inclusive um outro da autora (Vittorio, o Vampiro) que ainda não li!

      Excluir
  8. Não conhecia essa autora, mas os livros dela parecem ser bons!

    Beijos.
    Páginas na Estante
    @alyneadriana

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li, mas já ouvi/li os burburinhos, e olha a coisa é bem tensa...rs, quero dar uma chance.

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahha é, a autora apela um "poucão", sem preconceitos de gênero e sem muita dó! Vale tudo, ou quase!

      Excluir

Segue @aline_tkm lá no Instagram!

Parceiros